back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 18 de outubro de 2017
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 08/12/2014 - 09:46:46

Fundo de Saúde pode ser alterado; FMDE segue para extinção

O projeto de lei que altera o Fundo Municipal de Saúde e a proposição que extingue o Fundo Municipal de Desenvolvimento Econômico (FMDE) receberam substitutivos gerais, já disponíveis para consulta pela internet na página da Câmara de Curitiba. A nova alteração no projeto 005.00078.2014, registrada no Sistema de Proposições Legislativas com o código  031.00055.2014, foi protocolada no dia 28 de novembro.

Feita pelo vereador Pedro Paulo (PT), mesmo autor do projeto de lei, o substitutivo geral mantém as alterações inicialmente sugeridas à norma municipal 14.064/2012, que regulamenta o Fundo Municipal de Saúde – só que em vez de revogar a lei, trocando-a por uma nova legislação, opta por apenas revisar artigos dessa norma. O objetivo permanece sendo a adaptação da lei municipal à norma federal que estabeleceu novas regras para os gastos públicos com saúde (lei complementar federal 141/2012).

Nas alterações sugeridas pelo vereador, os recursos do Fundo Municipal de Saúde passariam a ser geridos diretamente pela secretaria municipal da área, diferente do que ocorre hoje, com a liberação de recursos atrelada à pasta das Finanças. “Essa situação gera dificuldades funcionais no que diz respeito, por exemplo, à destinação dos recursos. A lei complementar federal 141/2012 estabeleceu que fundos dessa natureza sejam administrados pelas secretarias específicas”, esclarece o parlamentar. A mudança foi uma sugestão do Conselho Municipal de Saúde.

Desenvolvimento Econômico
A Comissão de Legislação fez uma mudança no projeto de lei 005.00231.2014, do Executivo, que pede a extinção do Fundo Municipal de Desenvolvimento Econômico (FMDE). O substitutivo geral 031.00056.2014 não altera o teor do projeto, que segue revogando a lei 11.558/2005, mas corrige a destinação dos recursos atrelados ao fundo – agora determinando que os valores serão extintos com a rubrica.

“A existência do FMDE é meramente contábil, nunca tendo sido regulamentado e utilizado desde sua criação, o qual tornou-se obsoleto e apresenta uma estrutura onerosa, cuja manutenção não se justifica”, diz o documento, enviado pela Prefeitura de Curitiba ao Legislativo. Os substitutivos são anexados às proposições originais, mas o conteúdo a ser votado em plenário é atualizado conforme as emendas protocoladas por último.


 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2017 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.