back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 14 de dezembro de 2017
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 26/09/2017 - 14:52:20

Direitos Humanos aprova cadastro
de doadores de medula óssea

  • A Comissão de Direitos Humanos, Defesa da Cidadania e Segurança Pública acatou o trâmite do projeto de Bruno Pessuti que propõe a criação de um cadastro de doadores de medula óssea. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • O projeto de Maria Leticia Fagundes que prevê sinalização sonora e em braille nos elevadores para auxiliar pessoas com deficiência visual também teve seu trâmite acatado. (Foto: Chico Camargo/CMC)
A Comissão de Direitos Humanos, Defesa da Cidadania e Segurança Pública aprovou a tramitação do projeto de autoria de Bruno Pessuti (PSD) que pretende criar um cadastro de doadores de medula óssea (005.00205.2017). De acordo com a justificativa da matéria, “a maior dificuldade existente para o transplante de medula óssea, não só no Brasil, como no mundo, é a de achar um doador compatível.  O texto já pode ser votado em plenário. Outros dois projetos foram debatidos pelo colegiado.

Conforme Pessuti, o cadastro de potenciais doadores de medula se faz necessário para a verificação da compatibilidade genética (HLA), sendo preciso somente 5 ml de sangue. Atualmente, os dados do doador, de 18 a 55 anos, ficam armazenados num banco de dados do Registro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME)”.

Ainda de acordo com a justificativa, o doador ideal (irmão compatível) só está presente em 25% das famílias brasileiras. “Para 75% dos pacientes é necessário identificar um doador alternativo a partir dos registros de doadores voluntários, bancos públicos de sangue de cordão umbilical ou familiares parcialmente compatíveis (haploidênticos)”. Para Maria Letícia Fagundes (PV), relatora da matéria, trata-se de uma iniciativa que vai somar. “Somos totalmente favoráveis à doação da medula óssea e qualquer mecanismo que facilite o processo é bem vindo”.

Também tramitou um projeto de autoria de Maria Leticia Fagundes para atender deficientes visuais. A matéria inclui nas botoeiras dos elevadores (especialmente os desprovidos de ascensorista) sinalização sonora específica de voz, que informe qual andar a pessoa se encontra. Além disso, o projeto prevê que junto às botoeiras externas do elevador, deverá existir sinalização em braile que indique qual andar da edificação a pessoa está (005.00247.2017 com substitutivo 031.00050.2017).

Para o relator, vereador Goura (PDT), o projeto promove uma profunda ação de inclusão e acessibilidade em Curitiba. “Estas ações já foram adotadas em outras cidades. Curitiba estará na vanguarda incorporando a medida”, disse ele. A matéria irá passar ainda pelos colegiados de Acessibilidade e de Urbanismo, Obras Públicas e Tecnologias da Informação.

Será encaminhado para o Procon-PR um projeto do vereador Dr. Wolmir (PSC) sobre direito do consumidor (005.00231.2017). A matéria estabelece que a existência de qualquer produto exposto à venda estando com prazo de validade vencido, uma vez constatada pelo consumidor, sujeitará o estabelecimento comercial a entregar-lhe outro produto idêntico ou similar à sua escolha. A decisão foi do relator, Goura, cujo entendimento é o de que a medida deve ser válida se o comprador adquirir o produto. Com o encaminhamento, o órgão terá 30 dias para se manifestar sobre o projeto.

Compõem a comissão os vereadores Rogerio Campos (PSC) (presidente), Beto Moraes (PSDB) (vice-presidente), Ezequias Barros (PRP), Goura e Maria Leticia Fagundes.


Texto:   João Cândido Martins
Revisão:   Michelle Stival da Rocha
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2017 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.