back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 21 de julho de 2019
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 21/06/2016 - 16:14:23

Notas da sessão plenária de
21 de junho – 1ª edição

  • Jorge Bernardi apresentou resposta a questionamentos sobre a merenda escolar: “Recentemente em um dos CMEIs reclamaram que o feijão estava com gosto estranho”. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Noemia Rocha comemorou o fato de que “Curitiba já saiu à frente” na regulamentação da proibição ao amianto. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • O tenente-coronel Carlos Rodrigues Assunção convidou os vereadores para a comemoração dos 48 anos do 13° BPM. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Tico Kuzma informou que irá entregar votos de congratulações e aplausos ao comandante do 13° BPM, aprovados hoje na sessão. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • A atleta Michele Cézar visitou a Câmara Municipal. (Foto: Chico Camargo/CMC)

Merenda escolar ruim I
Jorge Bernardi (Rede) apresentou a resposta da Secretaria Municipal da Educação (SME) ao pedido de informações (062.00058.2016) sobre o fornecimento de merenda escolar nas escolas e nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). As refeições, disse ele, “têm sido objeto de muitas reclamações, principalmente de servidores dos CMEIs”. “Se olharmos aqui o cardápio [apresentado no ofício] vamos ter que admitir que é extraordinário, dá cinco folhas. Mas recentemente em um dos CMEIs reclamaram que o feijão estava com gosto estranho, estava azedo, e foi parte de notificação por parte do setor que coordena a merenda”, continuou. (Foto 1)

Merenda escolar ruim II
Segundo a SME, a alimentação é fornecida pelas empresas Denjud Refeições Coletivas e Ristolândia. “O valor mensal não é fixo, pois varia de acordo com o número de dias letivos do mês e com o cardápio servido”, diz o documento enviado à Câmara. A média apresentada, apontou Bernardi, foi de R$ 6,2 milhões nas escolas e R$ 5 milhões nos CMEIs, com base no mês de outubro de 2015.

Amianto
Autora da lei municipal 14.172/2012, que proíbe em Curitiba o uso de materiais contendo amianto e asbesto na sua composição, Noemia Rocha (PMDB) comemorou o fato de que “Curitiba já saiu à frente” na regulamentação da proibição, enquanto o tema ainda está sendo discutido pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). O projeto de lei 655/2015, dos deputados Gilberto Ribeiro e pastor Edson Praczyk, ambos do PRB, tramita em regime de urgência no Centro Cívico. (Foto 2)

Convite I
O comandante do 13° Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Carlos Eduardo Rodrigues Assunção esteve na Câmara Municipal para convidar os vereadores para a solenidade de comemoração dos 48 anos da unidade, chamada Batalhão “Tenente-Coronel Pedro Plocharski”. O evento será dia 24 de junho, às 9h, na rua Sebastião Malucelli, 54, bairro Novo Mundo. (Foto 3)

Convite II
Tico Kuzma (Pros) informou aos pares que irá entregar votos de congratulações e aplausos ao comandante Assunção pelo aniversário do 13º BPM durante a solenidade. O requerimento (077.00265.2016) foi aprovado na sessão desta terça-feira (21). Chico do Uberaba (PMN) cumprimentou a Polícia Militar por escolher o tenente-coronel Pedro Plocharski para nomear a unidade. (Foto 4)

Debate sobre drogadição
Noemia Rocha (PMDB) parabenizou a Escola do Legislativo da Câmara de Curitiba pela realização do debate “Drogadição no ambiente de trabalho e na família”. “O tema é de grande relevância. Hoje tivemos a morte de um jovem, em frente a um bar na rua Hugo Simas por causa do frio, mas ele estava alcoolizado”, informou. O evento é aberto ao público e será na próxima sexta (24), às 9h, no auditório do Legislativo. Informações: (41) 3350 4775.  

Visita
A atleta Michele Cézar visitou hoje a Câmara Municipal. “Ela irá participar do Iron Man. É uma atleta de ponta”, disse Felipe Braga Côrtes (PSD), ao destacar a presença dela em plenário. (Foto 5)

84 anos da ASPP
Por iniciativa de Tito Zeglin (PDT), a Câmara de Curitiba entregou votos de louvor e congratulações à diretoria da ASPP (Associação dos Servidores Públicos do Paraná) pelo aniversário de 84 anos. A entidade foi fundada em 1° de maio de 1932 e reconhecida como órgão oficial de representação da categoria pela lei estadual 6.174/1970. O requerimento (077.00166.2016) de homenagem foi aprovado pelo plenário em 3 de maio.

Caixa Econômica
Uma breve prestação de contas da atuação da Caixa Econômica Federal em Curitiba foi apresentada, nesta terça-feira (21), pelo superintendente do banco, Renato Scalabrin. “Por sermos um banco público, o nosso trabalho está muito alinhado com as necessidades das comunidades de Curitiba. É a Caixa quem paga os programas sociais, como o Bolsa Família, e é referência em financiamentos para moradia”, disse Scalabrin.

Colaboraram: Fernanda Foggiato, Pedritta Marihá Garcia e José Lazaro Jr.
Edição: Michelle Stival da Rocha



 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:

Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2019 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.