back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 20 de outubro de 2017
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 24/05/2017 - 14:32:39

Agendamento médico por telefone
pronto para votação em plenário

  • Comissão de Acessibilidade analisou dois pareceres nesta quarta-feira. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Goura relatou projeto que propõe agendamento médico por telefone nas unidades de saúde. (Foto: Chico Camargo/CMC)
Já está pronta para votação em plenário, a proposta de lei de Tico Kuzma (Pros) que propõe sistema de marcação de consultas médicas por telefone para idosos e pessoas com deficiência. O aval ao texto foi dado nesta quarta-feira (24) pela Comissão de Acessibilidade da Câmara Municipal, a última a analisar a matéria. O parecer favorável foi do relator Goura (PDT).

Conforme sua redação, o agendamento médico só poderá ser feito nas unidades de saúde do município onde o paciente já for cadastrado (005.00073.2017). A confirmação da consulta deverá ser feita, no dia do atendimento, com a apresentação da carteira de identidade ou cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) do usuário. Kuzma também quer que os postos coloquem cartazes informativos sobre a regra em local visível aos pacientes.

“O projeto de lei não tem impacto financeiro porque o agendamento não deve sobrecarregar o sistema”, explicou Goura, ao defender o trâmite da proposta. Com a aprovação de Acessibilidade, o texto está pronto para ser incluído na ordem do dia. Antes deste colegiado, o projeto já havia passado pelas comissões de Legislação, Justiça e Redação; Economia, Finanças e Fiscalização; Serviço Público; e Direitos Humanos, Segurança Pública e Defesa da Cidadania.

Cadeiras de roda

Substitutivo geral que obriga bancos de Curitiba a disponibilizarem cadeiras de roda para pessoas com deficiência recebeu parecer favorável dos vereadores e também já pode ser votado em plenário (031.00007.2017). O texto é de iniciativa de Dr. Wolmir Aguiar (PSC) e foi relatado por Maria Manfron (PP).

Originalmente, o projeto obrigava bancos a manterem banheiros e bebedouros adaptados e cadeiras de roda para o atendimento deste público (005.00112.2017), mas a lei municipal 10.281/2001 já contempla as duas primeiras exigências e, por isso, o vereador apresentou o substitutivo. Antes de passar pelo colegiado de Acessibilidade, a matéria foi discutida em Legislação e Direitos Humanos.

Além de Goura e Maria Manfron, também integram a Comissão de Acessibilidade: Pier Petruzziello (PTB), presidente; Tito Zeglin (PDT) e Dona Lourdes (PSB).


Texto:   Pedritta Marihá Garcia
Revisão:   Michelle Stival da Rocha
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2017 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.