back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 18 de outubro de 2017
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 26/05/2017 - 17:36:43

Depois de protestos, reunião de
Legislação tem acesso controlado

  • Dr. Wolmir Aguiar: “Estamos fazendo aqui [na sala de reuniões da presidência] por motivos de segurança, pelo que aconteceu na segunda-feira”. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • O presidente do Sigmuc evocou o artigo 65 do Regimento Interno da Câmara, de que as reuniões das comissões devem ser públicas. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Para Irene Rodrigues, a Câmara “descumpriu o Regimento Interno”. Ela disse que os sindicatos irão procurar o MP-PR para tentar tentar anular a reunião. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • “Esta reunião deveria ter sido realizada no auditório [do anexo II]”, avaliou Professora Josete. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • A entrada para a reunião foi controlada na portaria do anexo I. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
  • Viaturas da PM-PR acompanharam a movimentação da praça Eufrásio Correia. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)

O presidente da Comissão de Legislação, Justiça e Redação da Câmara Municipal, Dr. Wolmir Aguiar (PSC), determinou que a reunião extraordinária desta sexta-feira (26) fosse realizada na presidência. “Estamos fazendo aqui por motivos de segurança, pelo que aconteceu na segunda-feira”, disse, em referência ao protesto que cancelou na pauta do colegiado, no começo da semana.

A fala foi direcionada ao presidente do Sindicato dos Servidores da Guarda Municipal de Curitiba (Sigmuc), Luiz Vecchi, que entrou no local cinco minutos depois do início da reunião e evocou o artigo 65 do Regimento Interno da Casa, cujo inciso primeiro determina que as reuniões de comissões sejam públicas. “Tem seis pessoas do sindicato que estão [na entrada do anexo I] proibidas de entrar”, afirmou.

“As reuniões são públicas, só estamos tendo o controle do acesso por sindicato. Autorizamos um [representante] por sindicato. Três, quatro ou cinco não temos espaço”, respondeu o presidente da Comissão de Legislação. Luiz Vecchi apontou ainda que não estava sendo autorizada a entrada de um jornalista da União Paranaense dos Estudantes (UPE).

Irene Rodrigues, coordenadora-geral do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (Sismuc), também criticou o impasse com o membro da entidade, “o único representante da sociedade civil, não sindicalista, já que tem projetos [do pacote] que afetam toda a população”. Depois de um princípio de confusão na portaria, ele foi recepcionado pelo diretor de Comunicação da Câmara, Filipi Oliveira, identificou-se como “Buba” e não apresentou credencial ou documento.

Ministério Público
A dirigente do Sismuc disse que pretende procurar o Ministério Público do Paraná (MP-PR) para tentar anular a reunião extraordinária da Comissão de Legislação desta sexta. “Vamos, como conjunto de trabalhadores, consultar o jurídico. No mínimo o Ministério Público vamos procurar”, declarou.

Apesar de não fazer parte do colegiado, a Professora Josete (PT) acompanhou a reunião. Ela avaliou negativamente o “limitador do número de pessoas, o filtro de quem entra e de quem não entra”. “Isto é um absurdo. O regime de exceção de Brasília está chegando a Curitiba também. Esta reunião deveria ter sido realizada no auditório [do Anexo II]”, argumentou.

Wagner Argenton, da diretoria do Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac), questionou “por que este medo agora [do prefeito] de enfrentar os servidores olho no olho?”. “Continuam crescendo os gastos com comissionados e propaganda, isso a população já consegue perceber, ao mesmo tempo em que aumentam os impostos e atacam os direitos dos servidores, com o congelamento dos planos de carreira e dos salários. Isso traz, consequentemente, a piora dos serviços públicos”, sustentou.

Também acompanharam a reunião os presidentes do Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Municipais de Curitiba (Sinfisco), Ivonei Koakoski, e do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo do Município de Curitiba (SindiCâmara), Luiz Andrade.



Texto:   Fernanda Foggiato
Edição:   Filipi Oliveira
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2017 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.