back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 23 de setembro de 2017
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 02/08/2017 - 13:21:35

Greca: "Curitiba recuperou a certidão
negativa do Tribunal de Contas"

  • Em visita surpresa, Rafael Greca e Eduardo Pimentel, prefeito e vice, estiveram na Câmara de Curitiba. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • “Temos dinheiro para comprar ônibus”, disse o prefeito no plenário da Câmara de Curitiba. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • “Segunda-feira começa o pagamento dos credores da maldita dívida herdada serão 800, a quem a cidade deve até R$ 300 mil”, relatou Greca. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • “A Câmara foi vilipendiada por tiranos sindicais”, disse Greca, “e no momento em que isso aconteceu, meu coração se confrangeu. (Foto: Chico Camargo/CMC)
“O Plano de Recuperação de Curitiba, com a substituição das dívidas do IPMC [Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Curitiba], nos deu a certidão negativa do Tribunal de Contas, que há muitos anos Curitiba não tinha. Por isso, hoje, no Palácio do Governo, vamos assinar o primeiro de dois convênios que nos possibilitarão a pavimentação de 88 km de ruas”, disse o prefeito Rafael Greca (PMN), nesta quarta-feira (2), em visita surpresa à Câmara de Vereadores.

O presidente do Legislativo, Serginho do Posto (PSDB), suspendeu a sessão por 15 minutos para que Greca, acompanhado do vice Eduardo Pimentel (PSDB), falasse com os vereadores. Sem mencionar porcentuais, o prefeito disse que fará “o que puder” para assegurar a reposição salarial no mês de novembro e destacou o pagamento da parcela do 13º salário do funcionalismo no mês de junho. Ele fez referências aos protestos que terminaram em confronto com a Polícia Militar, no primeiro semestre, quando foram votados quatro projetos do Plano de Recuperação (leia mais).

Leia também:
Caio Júnior dará nome a Centro de Esporte e Lazer

Vereadores confirmam Nota Curitibana e outros 2 projetos

“A Câmara foi vilipendiada por tiranos sindicais”, disse Greca, “e no momento em que isso aconteceu, meu coração se confrangeu e o da cidade inteira. Mas os nossos funcionários não estão na fila da fome, na bacia das almas, como aqueles do Rio de Janeiro recebendo cestas básicas em vez de salários”. No entanto, falando para os vereadores de fora da base de apoio do Executivo, chegou a dizer que “a oposição é um serviço público”.

Pavimentação
Segundo Greca, somando os dois convênios que serão firmados com o Governo do Paraná e as obras da Secretaria Municipal de Obras Públicas, “chegaremos a 100 km de ruas pavimentadas nessa cidade, que há muito tempo só conhecia buracos”. O primeiro convênio, com a secretaria estadual de Infraestrutura, disse o prefeito, tem o valor de R$ 30 milhões e pavimentará 37,4 km de 51 ruas da capital. O segundo, com a secretaria estadual de Desenvolvimento Urbano, no valor de R$ 35 milhões, atingirá 135 ruas, adicionando 50,6 km à meta de pavimentação. À imprensa, Greca disse que vai “terminar o ano com mais de 100 km de asfalto” e prometeu em toda gestão “fazer 400 km, se Deus quiser”.

CMEIs e Saúde
No seu pronunciamento, o prefeito disse que neste ano serão abertos 4 dos 12 Centros Municipais de Educação Infantil, “legados sem verba para o seu funcionamento”. Greca não pontuou quais unidades serão contempladas pelas novas equipes, dizendo que isso será definido com a Secretaria Municipal de Educação. Em outro momento, disse que o Executivo trabalha para ter “uma escola pública eficiente”, “insistindo na tese, que é do vereador Thiago Ferro [PSDB], e de outros companheiros nossos, de uma escola que ensine dentro da inocência cristã”.

Citando números dos atendimentos na Saúde, destacou a abertura da UPA do Tatuquara no primeiro semestre e o lançamento do aplicativo que permite agendar consultas pelo celular, sem a necessidade de os usuários do SUS fazerem fila de madrugada nas unidades de saúde. Prometeu reabrir a UPA da CIC e a Unidade de Saúde Nossa Senhora de Medianeira, no Ahú, e garantiu que a rede municipal está abastecida de remédios. “São 116 os remédios fornecidos, 4 os laboratórios não querem fornecer”, ressalvou.

“Segunda-feira começa o pagamento dos credores da maldita dívida herdada”, relatou Greca, “serão 800, a quem a cidade deve até R$ 300 mil. Em setembro, colocaremos em leilão holandês as grandes dívidas”. Projetando datas para outras obras públicas, o prefeito disse que a intervenção atual na Linha Verde estará concluída neste ano “e, possivelmente, lançamos também a licitação para o término da Linha Verde até o ano que vem”.

Greca afirmou que nenhuma obra parou, nem o PAC Drenagem, e que a Caixa Econômica manteve ativos os convênios firmados com Curitiba. Também disse que a licitação do lixo estaria apta a ser realizada.

Ônibus novos
“Temos dinheiro para comprar ônibus”, disse o prefeito, alertando que pediu a técnicos da sua equipe para analisar a possibilidade de o Executivo custear integralmente uma linha que conecte o Pinheirinho ao Santa Cândida. Greca cogitou a opção de a prefeitura comprar ônibus novos para a frota licitada, mas condicionou isto à autorização judicial. Disse que está emperrado, dado haver 35 ações na Justiça entre a administração e as empresas de ônibus.

Questionamentos
O prefeito não foi questionado em plenário. Tito Zeglin, do PDT, até pediu que a palavra fosse aberta aos parlamentares, para que dialogassem com Greca, mas a sessão foi retomada logo em seguida ao pronunciamento sem que isso ocorresse. Tico Kuzma (Pros), que presidia os trabalhos no momento, sugeriu que perguntas poderiam ser feitas pessoalmente, à tarde, na cerimônia de assinatura do convênio no Palácio Iguaçu.


Texto:   José Lazaro Jr.
Revisão:   Filipi Oliveira
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2017 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.