back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 23 de setembro de 2017
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 13/09/2017 - 15:00:48

Câmara debate preservação de
bosque do antigo Hospital Bom Retiro

  • Felipe Braga Côrtes comentou sobre a preservação do bosque situado no terreno do antigo Hospital Psiquiátrico do Bom Retiro. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Para professora Josete virou rotina grandes empreendimentos que não apresentam estudos de impacto de vizinhança. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Para Julieta Reis, o importante é que o bosque está sendo preservado. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • Goura fez um paralelo entre o bosque do Bom Retiro e o bosque da Casa Gomm, no Batel. (Foto: Chico Camargo/CMC)
O vereador Felipe Braga Côrtes (PSD) usou os espaços do pequeno e grande expedientes da sessão plenária, desta quarta-feira (13), para discutir a polêmica sobre a construção da unidade de um supermercado em parte da área onde existiu o antigo Hospital Espírita de Psiquiatria Bom Retiro. “Tenho conversado com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente no sentido de analisar principalmente a questão do bosque”, disse.

Segundo ele, existe um movimento popular com mais de 3.400 pessoas em favor da criação de um parque no local. De acordo com o vereador, a prefeitura tem interesse na preservação do bosque, desde que haja participação da iniciativa privada. “Acredito que nós vereadores deveríamos fazer uma visita [no local] por meio das comissões de Urbanismo, Obras Públicas e Tecnologias da Informação e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável”, sugeriu Braga Côrtes. “Nossa intervenção deve ser positiva para que se possa utilizar e preservar o espaço de forma correta. O bosque soma 24,5 mil m². É uma região maravilhosa”, disse ele.

“Devemos criar mecanismos para que essa grande área verde seja preservada”, afirmou Professora Josete (PT). De acordo com a vereadora, a aprovação de grandes empreendimentos comerciais em Curitiba sem a apresentação do estudo de impacto de vizinhança está se tornando “rotina”. “Foi o caso do Shopping Palladium. Agora temos mais esse novo empreendimento que demanda uma reformulação do fluxo do trânsito. Antes havia a desculpa de que o estudo de impacto de vizinhança não era regulamentado, mas isso foi corrigido pelo Plano Diretor”, pontuou.

A vereadora se disse preocupada em relação aos grandes empreendimentos que foram implementados em Curitiba e que, na opinião dela, não tiveram por parte do Executivo um posicionamento mais efetivo no sentido de fazer estudos e na promoção de medidas mitigatórias. "Nós devemos pensar nas consequências para a população", declarou Professora Josete.

Em contraponto, a vereadora Julieta Reis (DEM) considera que os técnicos da Secretaria de Meio Ambiente são exigentes, principalmente no que diz respeito aos bosques urbanos. “A apresentação do estudo de impacto de vizinhança é importante, mas mais importante ainda é o fato de que o bosque está sendo preservado”, disse.

Jairo Marcelino (PSD) revelou que “o prefeito, ao ver a planta do novo hipermercado, pegou uma caneta e riscou tudo. 'Isso não me serve', disse ele que passou a emitir opiniões sobre o projeto”. “Nós, que conhecemos a história do hospital psiquiátrico, acharíamos melhor a preservação do bosque”, opinou Marcelino.

O vereador Goura (PDT) disse que encaminhou à prefeitura um requerimento de pedido de informações sobre o binário Mateus Leme - Nilo Peçanha (062.00415.2017). “A mesma situação que ocorre no Bom Retiro aconteceu no Bosque Gomm, que foi fruto da mobilização cidadã”, disse Goura. Para ele, “o que a gente menos precisa naquela região é de mais um hipermercado. Já existem outros três empreendimentos similares num raio de um quilômetro”. No entendimento de Goura, o binário Mateus Leme - Nilo Peçanha está sendo planejado para atender o novo empreendimento.


Texto:   João Cândido Martins
Edição:   Claudia Krüger
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:
Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2017 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.