back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 17 de outubro de 2018
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 20/11/2017 - 15:35:26

A visita da princesa Isabel e a
libertação de escravos em Curitiba

Em novembro de 1884, Curitiba recebeu a visita da princesa Isabel, filha do imperador Dom Pedro II, os três filhos dela (D. Pedro, D. Luís e D. Antônio) e o esposo, Conde d'Eu. Em homenagem a eles, muitos donos de escravos resolveram libertar seus cativos. Essa história está contada no primeiro vídeo produzido pela Diretoria de Comunicação da Câmara para o projeto Nossa Memória – que iniciou em 2009 com notas e textos destinados a resgatar o passado do Legislativo e da cidade. A publicação lembra o Dia da Consciência Negra.

Visconde de Nácar e Jesuíno Marcondes, que hoje dão nome a ruas da cidade, estão entre as personalidades da capital que libertaram seus escravos na ocasião da chegada da família imperial. As notas foram comunicadas pelo Jornal do Commercio. Enquanto isso, o Dezenove de Dezembro publicava em primeira página um artigo criticando a prática do escravismo pela elite.

É importante lembrar que a Lei do Ventre Livre – que considerava libertos todos os filhos nascidos de escravas, desde que a partir da data da promulgação da lei – já estava em vigor desde 1871 e os movimentos abolicionistas se tornavam cada vez mais fortes em todo o país. Quatro anos após a visita a Curitiba, a princesa assinaria a Lei Áurea e no ano seguinte, seria exilada na França, devido à Proclamação da República.

Como forma de se redimir do passado, em que a Câmara, a mando da Coroa Portuguesa, ordenava marcar a ferro os escravos fugidos, e como forma de reconhecer a contribuição dos negros para o desenvolvimento da cidade e para reforçar a luta contra o preconceito, em 2012 foi aprovada na Câmara de Curitiba a lei que cria o feriado municipal do Dia da Consciência Negra, 20 de novembro. O feriado foi barrado na Justiça, mas a memória desta data deve ser preservada.

Estrada de ferro

O objetivo da visita da princesa era conhecer a região e inaugurar a estrada de ferro que liga Curitiba a Paranaguá, que se tornou referência pelas belezas naturais ao longo caminho e principalmente pelo arrojo de sua estrutura – obra cujos estudos e soluções técnicas que viabilizaram a construção foram feitos pelos irmãos André e Antônio Rebouças, engenheiros, negros e abolicionistas.

Mas a estrada não foi concluída a tempo, e nem na ida, nem na volta, a família imperial pôde pisar na estação de trem que fica em frente à praça Eufrásio Correia, que hoje é o Museu Ferroviário.

Se você quiser saber mais sobre a visita da princesa Isabel a Curitiba, leia também:

Uma princesa nos trilhos da nossa história

Princesa Isabel e um retrato dos prédios de Curitiba em 1884

Três príncipes nos campos de trigo do Abranches

A despedida da princesa e o caso da ferrovia não terminada


Referências Bibliográficas:


Jornal O Dezenove de Dezembro, edição 278, 29 de novembro de 1884.

Jornal do Commercio, edição 80, de 13 de dezembro de 1884. Notas sobre Visconde de Nacar e Jesuíno Marcondes citadas na matéria.


Texto:   Michelle Stival da Rocha
Revisão:   Filipi Oliveira
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2018 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.