back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 11 de dezembro de 2018
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 08/03/2018 - 15:54:10

Dia da Mulher: vereadoras defendem
maior participação na vida pública

  • A Galeria das Vereadoras tem o objetivo de incentivar um engajamento maior da população feminina na política – hoje, dos 38 representantes do povo na Casa, 8 são mulheres, o que corresponde a 21% do colegiado. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
  • “Já evoluímos muito, hoje temos 8 vereadoras e até pouco tempo éramos apenas 4. Já avançamos muito, mas o ideal é a harmonia entre mulheres e homens, igualdade”, diz Julieta Reis. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • “Se a maioria das vagas nas universidades são ocupadas por mulheres, o que mostra maior qualificação, o ideal é que o parlamento tivesse a metade das cadeiras ocupadas por elas também”, afirma Professora Josete. (Foto: Chico Camargo/CMC)
  • “Já foi bem mais difícil, mas hoje as mulheres já têm mais condições de entrar na política, de ser uma vereadora, eu mesma sou uma pessoa idosa e tive a felicidade de entrar”, disse Dona Lourdes. (Foto: Chico Camargo/CMC)

Maior espaço de representatividade às mulheres na política. Essa é a opinião unânime da bancada feminina da Câmara Municipal em atuação hoje, que somam 8 das 38 cadeiras do Legislativo. Nesta quinta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, as parlamentares prestigiaram a reinauguração da Galeria das Vereadoras da capital, e algumas delas falaram um pouco sobre o trabalho das mulheres na política e na sociedade. “Já evoluímos muito, hoje temos 8 vereadoras e até pouco tempo éramos apenas 4. Já avançamos muito, mas o ideal é a harmonia entre mulheres e homens, igualdade”, como disse Julieta Reis (DEM), vereadora com mais tempo de atuação no Legislativo.

Dia da Mulher: Ex-vereadoras de Curitiba são exemplo de motivação

Para Professora Josete (PT), vereadora pelo quarto mandato, é representativo o fato de que metade da população é composta de mulheres, mas apenas 10% dos parlamentos é representado por elas. “É uma questão cultural, já que muitos veem a política como um espaço masculino de poder. Mulheres não votam em outras mulheres por isso”, analisou. “Se a maioria das vagas nas universidades são ocupadas por mulheres, o que mostra maior qualificação, o ideal é que o parlamento tivesse a metade das cadeiras ocupadas por elas também, igualdade de tratamento”, opinou.

“Se as mulheres querem ser representadas precisam participar mais. Seja no parlamento, ou na sociedade como um todo, precisam votar em mulheres, se candidatar, participar mais da política em si”, convidou Fabiane Rosa (PSDC), vereadora em seu primeiro mandato. “A gente ouve, quando se elege, que as mulheres, por serem políticas, passam por uma situação difícil, que é um tema tão machista. As mulheres mesmas têm dificuldade em discutir estes temas”, pontuou Maria Leticia Fagundes (PV), vereadora em primeiro mandato na Câmara de Curitiba.

Também novata na Casa, Maria Manfron (PP) é esposa do ex-vereador Aldemir Manfron, do mesmo partido, e afirma que isso foi um incentivo à sua candidatura, não um determinante à sua eleição. “Saí de porta em porta no comércio da minha região [Santa Felicidade], fiz visitas, pedi votos na rua, mostrei meus projetos para o futuro”, conta. “Foi uma vitória minha, não por ser esposa do vereador. Muitos vincularam o vereador com a esposa, mas eu conquistei os meus votos e quero fazer um bom trabalho dentro da Câmara”, complementou Maria Manfron. Para ela, a mulher precisa defender seu direito ao respeito e à não violência.

Iniciativas como a da Câmara de Curitiba, de ter uma galeria com as atuais e ex-vereadoras contando a histórias dessas mulheres, estimula o engajamento das mulheres com a sua comunidade, segundo a opinião de Julieta Reis. “Uma galeria como essa é um incentivo para que novas mulheres possam participar da política”, diz.  “Porque olhando aqui a luta de cada uma, o seu histórico, vai ver como é importante a luta, com o trabalho, a dedicação, a gente consegue”, completou a parlamentar.

“Já foi bem mais difícil, mas hoje as mulheres já têm mais condições de entrar na política, de ser uma vereadora, eu mesma sou uma pessoa idosa e tive a felicidade de entrar”, disse Dona Lourdes (PSB), vereadora de 90 anos, a pessoa mais idosa a ser eleita ao cargo de vereador no Brasil, nas eleições de 2016. Para a política, Dona Lourdes espera que as mulheres tenham mais representatividade. Na sociedade, espera que as mulheres tenham melhores compreendidas suas demandas.

"No Dia Internacional da Mulher, a homenagem da Câmara Municipal de Curitiba com a reinauguração da Galeria das Vereadoras nos faz refletir sobre a importância da participação da mulher na política. Hoje formamos a maior bancada feminina da história da Câmara e não podemos retroceder. Pra mim é um grande privilégio fazer parte desta história de luta, força e determinação das mulheres", finalizou a vereadora Kátia Dittrich (SD), que também ocupa pela primeira vez uma cadeira no Legislativo.

Acompanhe reportagens especiais sobre as parlamentares na página da Galeria das Vereadoras.



Texto:   Claudia Krüger
Revisão:   Pedritta Marihá Garcia
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:

Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2018 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.