back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 26 de fevereiro de 2020
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 14/11/2019 - 15:44:29

Audiência pública na Câmara discutiu
a legislação de templos religiosos

  • Entre os assuntos abordados, estão estrutura física, alvará, documentação, mecanismos de regularização e segurança. (Foto: Carlos Costa/CMC)
  • “A proposta é abrir as portas do poder público, dando orientações para que as igrejas e demais instituições religiosas fiquem em situação regular”, destacou Noemia Rocha. (Foto: Carlos Costa/CMC)
  • A secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias, parabenizou a iniciativa do evento, afirmando a importância de se levar as informações corretas aos líderes religiosos. (Foto: Carlos Costa/CMC)
  • O capitão Davi Daniel Simão, do Corpo de Bombeiros, lembrou que quanto maior o número de pessoas aglomeradas, maior o risco, sendo necessárias medidas de prevenção. (Foto: Carlos Costa/CMC)
  • "A ideia genial aqui é de colocar todo mundo frente a frente, aqueles que representam o Executivo para poder já resolver muita coisa de hoje em diante”, disse João Arruda, presidente do MDB no Paraná e ex-deputado federal. (Foto: Carlos Costa/CMC)
A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) reuniu líderes de diversas religiões, nesta quarta-feira (13), para debater a legislação de seus templos, abordando a estrutura física, alvará, documentação, mecanismos de regularização e segurança. O evento contou com a participação de mais de 100 representantes de aproximadamente 70 instituições.
 
Confira a audiência pública transmitida ao vivo pelo canal oficial no YouTube da Câmara. Mais fotos do evento no Flickr da CMC.

De iniciativa da vereadora Noemia Rocha (MDB), a ideia foi promover um diálogo entre os órgãos e comunidade. “A proposta é abrir as portas do poder público e caminharmos juntos, sendo parceiros, dando orientações e caminhos para que as igrejas e demais instituições religiosas fiquem em situação regular”, destacou.

A secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias, parabenizou a iniciativa do evento, afirmando a importância de se levar as informações corretas aos líderes. “Entendemos que muitas vezes essa função envolve um procedimento que parece ser meramente burocrático, mas que tem uma razão de ser, que é prestar um bom atendimento à população, dar segurança e condições ambientais adequadas para a cidade”.

Na ocasião, a diretora do departamento de Pesquisa e Monitoramento do Meio Ambiente, Érica Costa Mielke, abordou a Lei 10.625/02, sobre ruídos urbanos e o conceito de poluição sonora, além de trazer alguns dados estatísticos sobre as normas de licenciamento. Segundo ela, são registrados em média 200 templos religiosos por ano, com um índice médio de aprovação de 90%.

Casos passados de templos que sofreram acidentes foram lembrados pelo capitão Davi Daniel Simão, do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Paraná. De acordo com o oficial, quanto maior o número de pessoas aglomeradas, maior o risco, sendo cada vez mais necessário que as medidas de prevenção de acidentes e normas de segurança sejam cumpridas.

A diretora estrutural de edificações da Secretaria Municipal do Urbanismo, Luciane de Pauli, falou sobre a regularização da edificação, contendo alvará de construção e CVCO (Certificado de Vistoria de Construção de Obras), abordando as obrigações da secretaria e a necessidade de contratação de um profissional competente, que acompanhe um projeto do início até a sua conclusão, para que sejam evitados problemas futuros.

As funções do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) foram abordadas pela gerente de Fiscalização, Mariana Alice Maranhão. Ela frisou que o órgão quer garantir profissionais de qualidade e responsáveis. Além disso, destacou a necessidade da fiscalização das instituições, tendo como objetivo verificar e assegurar a prestação de serviços técnicos e obras de forma profissional e em defesa de uma sociedade segura.

Entre os assuntos abordados pelo diretor do Departamento de Planejamento e Operações do Setran, Pedro Darci, está a necessidade de organização e o tripé do trânsito, formado pela engenharia, educação e fiscalização. Falou, ainda, sobre a operação Igreja, Decreto 1.036/2015, focado no “treinamento de monitores para a realização de operação de travessia de pedestres no entorno dos estabelecimentos religiosos, visando a segurança do trânsito”.

O administrador André Hummel, diretor e conselheiro fiscal do Núcleo de Comunhão Pastoral de Curitiba, abordou os conceitos de regularização de igreja, com foco em responsabilização, governança, administração e integridade, que, de acordo com ele, são os quatro pilares da administração de uma entidade religiosa. “Não haverá progresso sem ordem primeiro”.

João Arruda, presidente da MDB Paraná, destacou a importância de se ter uma audiência produtiva e aberta a todas as religiões. “A preocupação que a Noemia traz aqui, a mudança de zoneamento, alvará, liberação de corpo de bombeiros, diversos aspectos que muitas vezes vocês enfrentam problemas e dificuldades e ela muitas vezes é procurada para resolver. A ideia genial aqui é de colocar todo mundo frente a frente, aqueles que representam o Executivo para poder já resolver muita coisa de hoje em diante”.

*Com informações do gabinete da vereadora Noemia Rocha


Texto:   Da Redação
Revisão:   Filipi Oliveira
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:

Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2020 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.