back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 05 de dezembro de 2019
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 18/11/2019 - 13:43:26

Câmara aprova reajuste de 3,5% e
outros projetos do funcionalismo

  • A Câmara aprovou hoje três projetos do Executivo que tratam do funcionalismo público, durante sessão tensa devido à manifestação de servidores. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
  • “Quero parabenizar o trabalho da Guarda e da PM por manter a ordem da atividade parlamentar, garantindo a segurança dos nossos vereadores e dos nossos servidores”, disse o presidente da CMC, Sabino Picolo.
  • “A casa é um prédio antigo, histórico, que não oferece condições de receber um grande contingente dentro da Casa Legislativa", disse o diretor geral da CMC, Daniel Dallagnol.
  • Guarda Municipal e Polícia Militar fizeram contingenciamento devido ao limite de pessoas que podem acessar as galerias do Palácio Rio Branco. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
  • Na tentativa de invasão, manifestantes quebraram vidros e janelas da entrada do Palácio Rio Branco. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
  • Na tentativa de invasão, manifestantes quebraram vidros e janelas da entrada do Palácio Rio Branco. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
  • Na tentativa de invasão, manifestantes quebraram vidros e janelas da entrada do Palácio Rio Branco. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
  • Segundo a polícia, foram encontrados na mala de um dos manifestantes detido: canivetes, marreta, alicates, bombas de fumaça e outros materiais. (Foto: Divulgação Guarda Municipal)
  • 28 servidores tiveram a entrada permitida nas galerias do Palácio Rio Branco. O número é limitado pelo Corpo de Bombeiros. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)

A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) aprovou nesta segunda-feira, em primeiro turno, os três projetos de lei de iniciativa do Executivo que tratam do funcionalismo público, durante uma sessão tensa devido à manifestação de servidores públicos municipais, em greve desde hoje cedo. Janelas e vidros da Câmara foram quebrados. Cortinas foram rasgadas. Duas pessoas foram detidas e encaminhadas à delegacia. Os vereadores aprovaram o reajuste de 3,5% do salário, a prorrogação do congelamento de carreira, mas com a manutenção do vale-transporte em dinheiro e a redução da liberação sindical – as três propostas tramitam em regime de urgência e retornam nesta terça (19) em segundo turno.

Desde o início da manhã, servidores municipais se concentraram em frente ao Palácio Rio Branco, sede do Legislativo municipal. A Câmara Municipal de Curitiba solicitou apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar para garantir o funcionamento da sessão plenária. “Quero parabenizar o trabalho da Guarda e da PM por manter a ordem da atividade parlamentar, garantindo a segurança dos nossos vereadores e dos nossos servidores”, disse o presidente da CMC, Sabino Picolo (DEM), em entrevista à imprensa.

>> Confira mais fotos da sessão no Flickr da CMC.

Leia também:

Aprovado reajuste de 3,5% ao funcionários públicos de Curitiba

Aprovado congelamento da carreira dos servidores por mais 2 anos

Vereadores aprovam limite à liberação sindical em Curitiba


Quando a sessão plenária foi aberta, para acompanhar a votação das galerias, foi permitida a entrada de 28 servidores – o número é o limite determinado pelo Corpo de Bombeiros. “A casa é um prédio antigo, histórico, que não oferece condições de receber um grande contingente dentro da Casa Legislativa. Gostaríamos de ter um espaço ideal para receber a população, é verdade”, disse o diretor-geral da CMC, Daniel Dallagnol, também aos jornalistas que faziam a cobertura da sessão. 


Diversos manifestantes tentaram invadir, forçando o cordão de isolamento dos guardas municipais e causando empurra-empurra na entrada do plenário. Ao acessar o hall de entrada, os manifestantes bateram nos vidros, como forma de protesto, e quebraram vidros e janelas. A PM-PR auxiliou a Guarda Municipal na contenção para evitar invasão do plenário. “A segurança precisou ser mantida. Os manifestantes têm o direito de se manifestar, dentro dos limites possíveis, desejáveis e de urbanidade. Me parece que houve um excesso”, disse Dallagnol.

Segundo o comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Anderson Pereira, com uma das pessoas detidas, “na revista, foram encontrados diversos materiais, como máscara de gás, bombas de fumaça e pirotecnica, alguns materiais de pichação, marreta, entre outras ferramentas”, revelou. “Como ele havia desacatado e desobedecido à ordem dos guardas municipais, ele foi revistado na frente de outros manifestantes e encaminhado pela própria Guarda Municipal para qualificação, identificação e apresentação à delegacia civil”, complementou.

Apesar do clima tenso no início da sessão plenária, os três projetos de iniciativa do Executivo foram aprovados. Os servidores públicos acompanharam a votação das galerias do Palácio Rio Branco e protestaram contra a votação.



Texto:   Filipi Oliveira
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:

Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2019 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.