back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 26 de fevereiro de 2020
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 28/11/2019 - 12:19:05

Câmara concede cidadania honorária
ao comandante do Cindacta II

  • Coronel aviador Marcos Kentaro Adachi recebeu o título de cidadão honorário de Curitiba. (Foto: Carlos Costa/CMC)
  • A iniciativa da homenagem foi do vereador Cristiano Santos, que lembrou alguns dados biográficos do homenageado. (Foto: Carlos Costa/CMC))
  • Em seu agradecimento Marcos Kentaro Adachi lembrou de sua vinda para Curitiba e também comentou sobre as atividades desenvolvidas no Cindacta II. (Foto: Carlos Costa/CMC)
  • O evento contou com a participação da banda do Cindacta II, que foi regida pelo suboficial músico Sandro Marcelo Tavares. (Foto: Carlos Costa/CMC)
  • A cerimônia foi prestigiada por familiares e amigos. (Foto: Carlos Costa/CMC)
Nesta quarta-feira (27), a Câmara Municipal de Curitiba (CMC) entregou o título de cidadão honorário da capital do Paraná ao coronel aviador Marcos Kentaro Adachi. Ele é o comandante do Cindacta II (Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo), órgão responsável pelo tráfego aéreo da Região Sul e que tem sede em Curitiba.

A homenagem foi aprovada pela CMC em setembro, por iniciativa do vereador Cristiano Santos (PV), resultando na lei municipal 15.505/2019. A solenidade foi presidida pelo vereador Professor Euler (PSD), segundo secretário da CMC. “O senhor agora é nosso conterrâneo”, disse Cristiano Santos, que na aprovação do projeto (006.00008.2019) já tinha se referido ao coronel aviador como “excelente”, “exímio comandante” e de “extrema humildade”. Santos lembrou que Adachi nasceu em 1971, na cidade de Maringá, tendo ingressado na carreira militar em 1989, “possuindo um brilhante currículo acadêmico e militar”.

Na sua trajetória profissional, Adachi concluiu o Curso de Formação de Oficiais Aviadores, o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais e o Curso Superior de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica. Pelo trabalho, recebeu as medalhas Mérito do Ministério Público Militar, Mérito Santos Dumont, Medalha Militar de Bronze, Medalha Militar de Prata, Mérito Duque de Caxias, Ordem do Mérito Aeronáutico - Grau Cavaleiro, Mérito da Casa Militar do Estado do Paraná, Medalha Tenente Max Wolff Filho e a Medalha Constitucionalista.

Além das 3 mil horas de voo, Adachi é bacharel em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com pós-graduações em Direito Penal e MBA em Gestão de Logística pela Universidade Federal Fluminense (UFF).

Agradecimento
O coronel aviador Adachi agradeceu a presença de seus familiares e amigos, mas lamentou que sua esposa não pôde estar presente em virtude de assuntos familiares. Ele contou que veio para Curitiba aos 11 anos, pois seus pais queriam proporcionar melhores condições de estudo para ele e sua irmã. Quando chegou a hora do vestibular, o homenageado resolveu seguir os conselhos de seu pai e cursar medicina. Para reforçar os estudos, ele passou a frequentar um curso direcionado para candidatos ao Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA).

Nesse momento Adachi travou contato com a Aeronáutica e foi classificado em 2º lugar no vestibular da Academia da Força Aérea (AFA). Em 2005, já casado e com filho, ele atuava como instrutor de voo em Fortaleza, quando foi convidado a trabalhar em Curitiba. “Ao chegar aqui fui apresentado a um mundo de tecnologia, complexidade e excelência, [características] que fazem parte do sistema de controle do espaço aéreo brasileiro, e me apaixonei por tudo isso. Estudo e trabalho diariamente em prol da defesa do espaço aéreo brasileiro”, disse Adachi.

De acordo com o coronel,  o sistema desenvolvido pela Força Aérea Brasileira é o único do mundo que integra as atividades de defesa aérea e de controle de tráfego aéreo em um só órgão, tornando-se referência para o mundo. Para o novo cidadão honorário, a presença do Cindacta 2 faz de Curitiba um dos principais cenários do espaço aéreo mundial, “pois a partir daqui controlamos 1/3 de todos os movimentos aéreos em rota no país [que totalizam 1,5 milhão ao ano]”.

“O Brasil, através do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), foi o único país fora da Comunidade Europeia a ser aceito por todos os países daquela comunidade para firmar parceria com o Eurocontrol, órgão responsável pelo controle do espaço aéreo na Europa, de modo a receber uma tecnologia única no mundo desenvolvida por experts do Centro de Controle de Maastricht, na Holanda”, comentou. Adachi disse que na última classificação internacional, o Brasil ficou em 5º lugar como o país mais seguro pra se voar.

Adachi frisa que as atividades do Cindacta 2 vão além do operacional. “Exemplo disso é o programa Forças no Esporte (Profesp), que tem por objetivo aproveitar a estrutura de algumas organizações militares que possuem recursos humanos e materiais para atender crianças em situação de risco e que estejam matriculadas em alguma escola municipal de ensino fundamental”, disse. A ideia, segundo Adachi, é proporcionar a essas crianças acesso ao esporte, o que pode lhes garantir maiores chances de sucesso na vida. Atualmente o programa beneficia 500 crianças.

Presenças
A mesa foi composta por Professor Euler, 2º secretário da Casa e presidente da Escola do Legislativo da Câmara Municipal; coronel aviador Marcos Kentaro Adashi, comandante do Cindacta II; Darci Piana, vice-governador do Paraná; coronel Laurindo Pereira da Silva, representando o comandante da 5ª Divisão de Exército, general de Divisão Carlos José Russo Assumpção Penteado; coronel Leônidas Domingues Teixeira Neto, representando o comandante da 5ª Região Militar, general de Brigada Aléssio Oliveira da Silva; desembargador federal Tadaaqui Hirose; desembargador João Kopytowski; vereador Cristiano Santos, proponente da homenagem; e coronel aviador Kazuhiko Tôda.

Também estiveram presentes: vereadores Toninho da Farmácia (PDT) e Mauro Bobato (Podemos); sargento Alvimar Pereira, representando o deputado estadual Subtenente Everton; Eduardo Trovão, representando o comandante da Capitania dos Portos do Paraná, capitão de Mar e Guerra Rogério Machado; procurador Carison Manfio, representando a Procuradoria da União do Paraná; e Ozeil Moura dos Santos, cônsul geral do Senegal. O evento contou com a participação da banda do Cindacta II, que foi regida pelo suboficial músico Sandro Marcelo Tavares.


Texto:   José Lazaro Jr.
Revisão:   José Lazaro Jr.
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:

Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2020 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.