back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 18 de fevereiro de 2020
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 04/02/2020 - 13:26:38

Notas da sessão plenária de
4 de fevereiro – 2ª edição

  • Professora Josete exibiu vídeo sobre reclamação de moradores da Vila Angra e do Concórdia, na CIC, quanto a esgoto a céu aberto. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
Indicações ao Executivo I
O plenário acatou, nesta terça-feira (4), três indicações à Prefeitura de Curitiba. De Geovane Fernandes (PTB), a sugestão é a inclusão da rua Benjamin Antonio Ansai, a partir do trecho com a rua Deputado Néo Martins, no plano de revitalização asfáltica deste ano (203.00003.2020). A justificativa são as “más condições [da via], dificultando o trânsito no local, causando transtornos à população e aos veículos que ali transitam”.

Indicações ao Executivo II
De Oscalino do Povo (Pode), uma proposição dispõe sobre a ampliação do horário de funcionamento do Mercado Municipal, das 18 horas até as 19 horas (203.00006.2020). “A prolongação da atividade traria a uniformização [em relação ao comércio de rua]”, justifica. Também é do vereador indicação ao Executivo para a implantação de passarela para pedestres na rua Bahia, entre a avenida Presidente Kennedy e a rua Piauí, “uma vez que há acúmulo de lixo e um alto índice assaltos e de uso de drogas no local” (203.00005.2020).

Denúncia ao MPPR
Professora Josete (PT) disse que o Ministério Público do Paraná (MPPR) determinou a instauração de inquérito policial a partir de denúncia de seu gabinete, sobre contratos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA), para a prestação de serviços de roçada. Segundo ela, foi identificado “um aumento de recursos considerável em relação a outras secretarias, em 2018”. “Nos chamou a atenção, no processo licitatório, que empresas que ganharam diversos lotes têm sócios em comum [que seriam da mesma família]”, apontou. Ainda de acordo com a vereadora, haveria “funcionários trocando de uniforme conforme a empresa que deveria atender determinada região da cidade, inclusive registrando ponto no mesmo equipamento”. “Se constatadas irregularidades ou fraudes, que haja o ressarcimento aos cofres públicos e também a punição das pessoas envolvidas”, completou.

Votos de pesar
Ezequias Barros (Patriota) lamentou a morte, no último domingo (2), do pró-Reitor de Planejamento e Avaliação da Universidade Tuiuti do Paraná, Afonso Rangel, aos 62 anos, que teria sido vítima de uma parada cardíaca. Filho do fundador da instituição, o coronel Sydnei Lima Santos, falecido em 2001, ele disputou a Prefeitura de Curitiba pelo PRP (atual Patriota), em 2016. “Tivemos uma grande perda. Sempre me recebeu ali na Universidade Tuiuti com muito carinho, sempre fui recebido como seu vereador. Era uma pessoa muito animada, muito alegre, muito festiva. Uma pessoa que estava à frente de seu tempo”, afirmou. “Ficam aqui meus sentimentos de pesar pela perda desse amigo, desse parceiro, e falo em nome todos que foram candidatos a vereador pelo PRP, que caminharam com o Afonso na eleição passada.”

Estação-tubo
Osias Moraes (Republicanos) agradeceu o prefeito Rafael Greca pela implantação da estação-tubo Vale do Pinhão, no Rebouças. Localizado na avenida Iguaçu, entre as ruas João Negrão e Rockfeller, o equipamento foi inaugurado no último dia 27. Passam pela estação-tubo, lembrou o vereador, as linhas Sítio Cercado (anti-horário), Pinheirinho/Cabral e Caiuá/Cachoeira. Devem ser atendidas cerca de 53 mil pessoas por dia. “[Contempla] a sede dos Correios, o Instituto de Pesquisas do Paraná, a Cidade da Polícia, que o governador organiza para aquela região, que cresce em economia, também em infraestrutura”, pontuou Moraes. “Também o fluxo da Igreja Universal.”

Ocupações na CIC
“Independentemente de serem ocupações, as pessoas têm direito às mínimas condições. É uma questão de saúde pública”, afirmou Professora Josete (PT), sobre visita à Vila Angra e ao Concórdia, na CIC, a convite de moradores. A reclamação é sobre o esgoto a céu aberto nas ruas da região. “É um mau cheiro absurdo”, alertou. Segundo ela, já foi realizada uma reunião na administração regional sobre o problema e o próximo passo é debater a questão com a Sanepar. “É óbvio que existem coisas boas na cidade, mas temos que tratar dessa realidade.” (Foto 1)

Retirada de projeto
O plenário acatou requerimento para a retirada de mensagem assinada pelo prefeito Rafael Greca, que dispunha sobre a implantação da tarifa diferenciada fora do horário de pico (073.00021.2019). A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) aprovou, em setembro passado, proposta de Bruno Pessuti (PSD) que deu origem à lei municipal 15.508/2019. A norma trata da tarifa variável, além do bilhete único.


Texto:   Fernanda Foggiato
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:

Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2020 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.