back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 03 de abril de 2020
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 11/02/2020 - 13:23:39

Notas da sessão plenária de
11 de fevereiro – 1ª edição

  • Tito Zeglin registra a presença de Zé Domingos em plenário. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
#nãoésóasfalto I
Líder do governo na Câmara Municipal, Pier Petruzziello (PTB) destacou as realizações do governo Rafael Greca e o lançamento da hashtag #nãoésóasfalto, para mostrar que a gestão tem “admiráveis soluções” nas mais diversas áreas. O vereador ponderou que a recuperação de ruas uma das maiores demandas da população, mas chamou a atenção para avanços na Saúde, como o programa de atendimento domiciliar Melhor em Casa, que tem 15 equipes compostas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas e assiste 1 mil pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

#nãoésóasfalto II

Na área cultural, Petruzziello enfatizou o orgulho de o Cine Passeio ter sido listado “entre os 20 cinemas mais legais do mundo”, conforme ranking elaborado pela revista Exibidor. “Cuidamos da saúde, estamos fortes nos Armazéns da Família, temos o maior programa de hortas comunitárias; é um governo que fala e faz”, resumiu. Para o líder, a cidade virou um “canteiro de obras” e isso se reflete nos índices de aprovação do trabalho da Prefeitura, o que gera “desespero dos adversários, que tentam desconstruir o que está sendo bem feito. Temos muito a fazer, nosso olhar é para os mais humildes, estamos nos bairros trabalhando para uma Curitiba mais humana”, concluiu.

Retrocessos na educação I
Professora Josete (PT) criticou a gestão das políticas educacionais no Brasil e atitudes de “desvalorização” dos professores feitas pelos governos federal, estaduais e municipais, como por exemplo “o fim da aposentadoria especial, aprovado na Reforma da Previdência”. Em Curitiba, a vereadora citou o congelamento das carreiras dos servidores e apontou a precarização nas contratações “temporárias e precárias” via PSS. Josete ainda repudiou fala “infeliz” do ministro da Economia, Paulo Guedes, que chamou servidores públicos de “parasitas”, o que na opinião dela contribui com o discurso de criminalização destes trabalhadores.

Retrocessos na educação II

A parlamentar também manifestou preocupação com o fim da vigência do Fundo de Manutenção da Educação Básica, o Fundeb, previsto para 31/12/2020. Ela explicou que a discussão é nacional, mas não pode ficar restrita a Brasília, pois o fim desta política de financiamento traria impacto direto na educação básica, sendo que municípios e estados são responsáveis por, respectivamente, 45% e 35% dos serviços prestados na área. Josete apresentou uma pauta de reivindicações, entre elas “a inclusão de novas receitas na cesta do Fundeb e o aprimoramento dos critérios distributivos”.

Elefante branco
Na opinião de Professor Silberto (MDB), o CAIC Bairro Novo está sendo pouco utilizado e corre o risco de virar um “elefante branco”. O parlamentar denunciou que a escola municipal está com 16 de suas 30 salas ociosas e que a Secretaria Municipal de Educação não estaria autorizando a abertura de novas turmas de 6º ano; além disso, os pais não estariam conseguindo vagas na rede estadual. Silberto ainda questionou a informação de que o governo municipal teria aberto 50 mil vagas na educação infantil: “até agora não consegui ver, apesar de ser início de ano e a secretaria precisar de tempo para se organizar”. Ele ainda agradeceu a Prefeitura por ter executado emenda ao orçamento de sua autoria, no valor de R$ 130 mil, que permitiu a troca do alambrado da instituição, “o que trouxe de volta a segurança para a comunidade escolar”.

Homenagem

Por iniciativa de Fabiane Rosa (DC), o plenário observou um minuto de silêncio em homenagem póstuma à carnavalesca Marlene Monte Carmelo, falecida na última segunda-feira (10), vítima de um câncer. A parlamentar exibiu vídeo que contou um pouco da história de Marlene, que atualmente era presidente da Escola Enamorados do Samba. “O carnaval de Curitiba sofreu uma perda inestimável, de uma diva, que por 57 anos foi carnavalesca e ajudou a fundar várias escolas. Era vanguardista, e criou a primeira escola de samba ecológica do mundo, que não utiliza acessórios de origem animal, somente materiais recicláveis ou reutilizáveis”.

Registro de plenário
Ao presidir a sessão, Tito Zeglin (PDT) registrou a presença do radialista José Domingos Teixeira: “foi deputado, vereador de Curitiba, é um grande orador e uma pessoa da melhor qualidade”, disse. Zé Domingos também foi presidente do Paraná Clube e diretor geral da Câmara Municipal de Curitiba. (Foto 1)


Texto:   Marcio Alves da Silva
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:

Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2020 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.