back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 03 de abril de 2020
 
Sim Não
controle de spam, digite o código no campo acima
Email Versão para impressão

Data: 18/03/2020 - 14:32:04

Projeto propõe uso da planta
crotalária ao combate à dengue

  • Proposta de Mestre Pop visa incentivar plantio da crotalária, espécie repelente ao mosquito da dengue. (Foto: Clenio Araújo/Embrapa)
  • De acordo com o parlamentar, medida segue o exemplo de Laranjeiras do Sul, que não tem nenhum registro de foco do mosquito vetor. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)
Para ajudar no combate ao mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti, o vereador Mestre Pop (PSC) protocolou na Câmara Municipal de Curitiba (CMC) um projeto de lei que incentiva o cultivo da planta crotalária, usada como método natural de combate à doença (005.00040.2020). De acordo com Pop, a cidade de Laranjeiras do Sul (PR) já utiliza o programa há três anos e, segundo relatou em plenário, na sessão desta terça-feira (17), não há nenhum foco do mosquito transmissor registrado no município.

Conforme explicou o vereador, a planta, que possui uma flor amarela, é semeada após as colheitas “um tipo de adubação verde, típica da lavoura”, disse. Pop também contou que a planta vem ganhando espaços em residências e jardins de empresas quando se percebeu nela “uma poderosa arma biológica para controle do mosquito da dengue”. Isso porque a flor da crotalária atrai as libélulas, insetos predadores naturais do Aedes aegypt, cujas larvas se alimentam de outras, no caso, do mosquito transmissor da dengue.

Segundo texto do projeto, fica a prefeitura autorizada a promover a divulgação sobre os benefícios do plantio da crotalária nas residências, comércio, indústrias e demais áreas públicas do Município, por meio de parcerias com a iniciativa privada. Também fica a cargo do poder público a realização de campanhas educativas nas escolas municipais, além de delegado à Secretaria Municipal do Meio Ambiente o plantio de mudas da crotalária no horto municipal, para posterior distribuição à população.

“É fácil de cultivar. Pode ser cultivada dentro de casa, em vasos de flores. Pode ser plantada na beira dos canais, dos rios”, exemplificou Pop, citando o uso da planta em bairros como Rio Bonito e o Tatuquara. “Eu vou plantar, tenho um pedacinho de terrá lá em casa. Se é importante, nós vamos fazer”, parabenizou Ezequias Barros (Patriota), manifestando apoio à iniciativa.

Tramitação
Protocolado no dia 16 de março, o projeto primeiramente receberá uma instrução da Procuradoria Jurídica (Projuris), para então passar pelas comissões temáticas, nas quais poderão ser solicitados estudos adicionais, juntada de documentos faltantes, revisões no texto ou o posicionamento de órgãos públicos afetados por seu teor. Depois do trâmite nas comissões, a proposição estará apta para seguir para o plenário e, se aprovada, para a sanção do prefeito para se tornar lei.



Texto:   Claudia Krüger
 
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.


Arquivos para download:
  • Fotos:

Voltar
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2020 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.