Câmara de Curitiba ilumina Palácio para incentivar doação de sangue

por Filipi Oliveira — publicado 25/06/2020 05h13, última modificação 25/06/2020 05h13 Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.
Câmara de Curitiba ilumina Palácio para incentivar doação de sangue

A Câmara de Curitiba iluminou de vermelho a fachada do Palácio Rio Branco, sede do Legislativo, para marcar o mês de conscientização pela doação de sangue. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)

A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) iluminou de vermelho a fachada do Palácio Rio Branco, sede do Legislativo, para marcar o mês de conscientização pela doação de sangue. Em Curitiba, o #junhovermelho está no calendário oficial desde 2018, pela lei municipal 15.188, de iniciativa do vereador Bruno Pessuti (Pode), aprovada pelo plenário da Câmara Municipal de Curitiba por unanimidade.

“Os vereadores notaram que o nosso Palácio Rio Branco está iluminado de vermelho. Passei ontem à noite aqui e está muito bonito. O Junho Vermelho está no calendário oficial desde 2018. Bruno Pessuti está de parabéns e o nosso palácio está uma maravilha”, disse o presidente da CMC, Sabino Picolo (DEM), durante a sessão plenária virtual desta terça-feira (16). Ele ainda pediu que os vereadores divulguem a campanha “porque com a pandemia pode faltar sangue nos hospitais”.

O autor da lei municipal, Bruno Pessuti destaca que o dia 14 de junho foi comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue. “A doação de sangue é importantíssima para salvar vidas. É nesse momento que estamos entrando no inverno que os estoques ficam reduzidos, logo é importante conscientizar as pessoas para a doação. A Câmara Municipal de Curitiba iluminada no Junho Vermelho é uma forma de chamar a atenção para esse tema”, disse.

Além da iluminação do Palácio Rio Branco, a campanha também abrange a divulgação nas mídias sociais oficiais da CMC – InstagramFacebook e Twitter. Confira outras fotos da sede do Legislativo iluminada no Flickr da CMC.

Iluminação do Palácio
A Câmara de Curitiba adotou a iluminação cênica no fim do ano passado, quando estreou o serviço com o Natal Encantado, iniciativa inédita do Legislativo. Depois, adotou cores para marcar campanhas de conscientização e prevenção a doenças, como o Janeiro Branco pela saúde mental; o Fevereiro Roxo e Laranja lembrando de fibromialgia, lúpus, Mal de Alzheimer e leucemia; o Dia Internacional da Mulher; em abril o Palácio foi iluminado de verde para homenagear os profissionais de saúde que trabalham no enfrentamento à covid-19; e o Maio Amarelo contra acidentes de trânsito nas cidades e nas estradas.

O projeto de iluminação envolve o trabalho da Presidência da CMC e de diversas diretorias como Geral (DG), Administração e Finanças (DAF), Patrimônio e Serviços Auxiliares (DPSA), Administração e Recursos Humanos (DARH) e Comunicação.

Para ser um doador, são necessários:
- Estar em boas condições de saúde;
- Ter entre 16 e 67 anos;
- Em caso de menores de idade, autorização e presença do responsável legal;
- Pesar no mínimo 50Kg;
- Estar descansado e alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação); e
- Apresentar documento oficial com foto.

Onde doar em Curitiba
Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar)
Endereço: Travessa João Prosdócimo, 145, Alto da XV.

Biobanco do Hospital de Clínicas (HC)
Endereço: Avenida Agostinho Leão Junior, 108, Alto da Glória.

Hemobanco
Endereço: Rua Capitão Souza Franco, 290, Batel.

Hospital Erasto Gaertner
Endereço: Rua Doutor Ovande do Amaral, 201, Jardim das Américas.

Hospital Nossa Senhora das Graças
Endereço: Rua Alcides Munhoz, 433, Mercês.

Santa Casa de Curitiba
Endereço: Praça Rui Barbosa, 694, Centro.