CMC confirma incentivo à adoção de animais e Semana da Colônia Alemã

por Fernanda Foggiato — publicado 25/08/2020 13h40, última modificação 25/08/2020 17h27
CMC confirma incentivo à adoção de animais e Semana da Colônia Alemã

Projetos para incentivar adoção de animais e para instituir Semana da Colônia Alemã seguem para sanção. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)

Aprovados pela Câmara Municipal de Curitiba (CMC) em segundos turnos unânimes, na sessão plenária desta terça-feira (25), dois projetos de lei seguem para sanção ou veto do Executivo. As propostas dispõem sobre o incentivo à adoção de animais e a criação da Semana da Colônia Alemã, em setembro. As iniciativas são, respectivamente, de autoria dos vereadores Katia Dittrich (Solidariedade) e Paulo Rink (PL).

Para incentivar a adoção responsável de animais, a ideia é que pet shops, clínicas veterinárias, lojas agropecuárias e estabelecimentos similares destinem espaço para a afixação de cartazes (005.00102.2018). O projeto de lei recebeu 33 votos favoráveis.

Os cartazes seriam confeccionados de acordo com critérios estabelecidos por cada estabelecimento e trariam informações sobre a importância da adoção responsável. Também poderiam ser utilizados pela comunidade, órgãos públicos, protetores de animais e entidades ligadas à causa, para a divulgação de campanhas, de animais desaparecidos e em busca de um lar. Katia Dittrich discutiu o projeto em primeiro turno, nessa segunda-feira (24)

Colônia Alemã
A Semana da Colônia Alemã deve passar a integrar o calendário oficial de eventos da cidade e ser comemorada anualmente, compreendendo o dia 7 de setembro (005.00210.2019). As atividades podem integrar ainda o calendário escolar, turístico e cultural da cidade. A proposta de lei recebeu 31 votos favoráveis.

O autor, Paulo Rink, reforçou que a ideia do projeto é “enaltecer a colaboração da cultura alemã no nosso município”, criando uma semana em que possam ser vinculados eventos oficiais com o apoio da Prefeitura de Curitiba, particulares e entidades que fazem parte da socialização alemã.

Restrições eleitorais
A cobertura jornalística dos atos públicos do Legislativo será mantida, objetivando a transparência e o serviço útil de relevância à sociedade. Também continua normalmente a transmissão das sessões plenárias e reuniões de comissões pelas mídias sociais oficias do Legislativo (YouTubeFacebook e Twitter). Entretanto, citações, pronunciamentos e imagens dos parlamentares serão controlados editorialmente até as eleições, adiadas para o dia 15 de novembro de 2020, em razão da pandemia do novo coronavírus.

Em respeito à legislação eleitoral, não serão divulgadas informações que possam caracterizar uso promocional de candidato, fotografias individuais dos parlamentares e declarações relacionadas aos partidos políticos. As referências nominais aos vereadores serão reduzidas ao mínimo razoável, de forma a evitar somente a descaracterização do debate legislativo (leia mais).