CMC debate coronavírus com secretária municipal da Saúde e FAS

por fernanda.foggiato publicado 03/04/2020 03h28, última modificação 03/04/2020 03h28 Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.
Em reunião virtual nesta segunda-feira (6), a Câmara Municipal de Curitiba (CMC) ouve a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, e representante da Fundação de Ação Social (FAS) sobre o combate ao novo coronavírus na capital. Com início às 9 horas, a atividade será conduzida pela Comissão de Saúde, Bem-Estar Social e Esporte, presidida por Dr. Wolmir Aguiar (PSC). Aberto a todos os vereadores, o debate por videoconferência será transmitido pelos canais do Legislativo no Youtube, no Facebook e no Twitter.

O convite a Márcia Huçulak foi formalizado pelo líder do prefeito na CMC, Pier Petruzziello (PTB), na última segunda-feira (30), após o plenário rejeitar a convocação da secretária. O requerimento havia sido proposto por Dalton Borba (PDT). Na sessão extraordinária de 19 de março, a última antes da implantação do sistema remoto de reuniões, Mauro Ignácio (PSB) já havia sugerido aos vereadores ouvir a titular ou representante da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). 

“A secretária vai prestar alguns esclarecimentos à Comissão de Saúde e aos demais vereadores, que receberam muitas perguntas da população”, afirma Dr. Wolmir Aguiar. “Qual o objetivo maior? Ela trará dados, números, estatísticas, de como está nossa rede hospitalar, gerenciada pelo SUS, qual o provisionamento, qual a parceria firmada com o Exército, [a situação] os ventiladores mecânicos e toda a ação tomada pelo prefeito Rafael Greca”, acrescenta o presidente do colegiado.

O convite à FAS foi proposto, na sessão remota da última terça (31), por Herivelto Oliveira (Cidadania), membro da Comissão de Direitos Humanos da CMC, durante o debate de sugestões à Prefeitura de Curitiba para a população em situação de rua e em vulnerabilidade social. Uma dessas indicações é de Maria Leticia (PV) e propõe a liberação dos banheiros públicos, das unidades públicas de ensino e de estádios de futebol, por exemplo, para banho, higienização e alimentação dos moradores de rua (203.00055.2020).

Além de Dr. Wolmir Aguiar, a Comissão de Saúde, Bem-Estar Social e Esporte da CMC é formada pelos vereadores Oscalino do Povo (Pode), vice-presidente, Jairo Marcelino (PSD), Noemia Rocha (MDB) e Tito Zeglin (PDT). Por meio de portarias e atos da Mesa, a CMC adota, desde o dia 16 de março, uma série de medidas para evitar a disseminação do novo coronavírus, como a implementação das sessões e reuniões virtuais e o trabalho remoto para os servidores, sujeito ao controle das chefias imediatas.