Com site novo, CMC aposta nas transmissões ao vivo e transparência

por Marcio Silva | Edição: José Lazaro Jr. — publicado 28/08/2020 22h15, última modificação 28/08/2020 22h18
Renovação do sistema foi realizada por servidores do quadro efetivo da Câmara, reduzindo significativamente os custos de desenvolvimento.
Com site novo, CMC aposta nas transmissões ao vivo e transparência

Câmara de Curitiba lança novo portal na segunda-feira, com ênfase nas transmissões ao vivo e transparência ativa. (Foto: Reprodução/CMC)

A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) fará o lançamento, na próxima segunda-feira (31), de seu novo portal na internet. O site do Poder Legislativo foi totalmente reconstruído, alinhando a CMC às iniciativas nacionais de software livre capitaneadas pelo Interlegis - um programa do Senado Federal, que busca integrar e modernizar os órgãos legislativos do Brasil. A atualização visa facilitar o acesso da população às informações relativas ao trabalho dos vereadores, com ênfase na transmissão ao vivo do trabalho parlamentar e na transparência ativa.

Necessitando de atualização, já que o site da instituição é o principal meio de comunicação entre os vereadores e a população, o novo portal evidencia o papel da Câmara Municipal na elaboração das leis da cidade, na representação política da comunidade, na fiscalização dos atos da Prefeitura e na transparência da gestão dos recursos municipais. A renovação do sistema foi realizada por servidores do quadro efetivo da Câmara Municipal, reduzindo significativamente os custos de desenvolvimento. Foi necessário apenas custear a customização do tema e os aplicativos integrados ao portal, numa despesa de R$ 13,4 mil.

Modernização
O novo portal possui ferramentas que facilitam o acesso ao conteúdo a todos os públicos, inclusive pessoas com deficiência, e disponibiliza, por exemplo, a tradução dos textos para a Língua Brasileira de Sinais (Libras) por meio do aplicativo VLibras. A plataforma também contempla o conceito de responsividade e, portanto, pode ser visualizada em diversos tamanhos de tela, funcionalidade essencial para acesso por meio dos smartphones. Um campo de busca mais eficiente ajuda os usuários a localizarem com facilidade as informações que procuram.

Os textos possuem aspecto didático, tendo sido priorizado o uso de ferramentas que exibem perguntas e respostas sobre o assunto, de forma a facilitar a compreensão das mais diversas atividades realizadas na Câmara. O conteúdo foi organizado em cinco seções temáticas: Institucional, Transparência, Vereadores, Atividade Parlamentar e Informação.

As páginas de notícias foram reformuladas e agora exibem uma foto principal em destaque e, ao lado, as publicações mais recentes. Há mais facilidade em compartilhar o conteúdo nas diversas redes sociais, aplicativos de troca de mensagens  - como o WhatsApp ou Telegram - ou ainda por e-mail. As notícias e demais conteúdos agora são categorizados por temas (tags), o que facilita a organização e a localização por parte do usuário.

A página inicial do site reserva espaço para as transmissões das sessões plenárias, reuniões de comissões e audiências públicas, bem como para vídeos em destaque de teor informativo ou institucional. Também haverá lugar para repercutir as contas oficiais da Câmara de Curitiba nas redes sociais Instagram, Facebook e Twitter, sendo que o internauta poderá ver e interagir com as publicações dentro do próprio site. O podcast CuritibaCast poderá ser ouvido ainda na página inicial do portal.

Informações de serviço, como a agenda da instituição e as formas de se entrar em contato, foram centralizadas em páginas exclusivas. A estrutura organizacional da Câmara foi detalhada, com destaque para a página “Quem é quem na administração”. Além disso, foram criadas páginas para explicar como funcionam órgãos como a Mesa Diretora, a Ouvidoria e as comissões permanentes e temporárias.

Transparência
A transparência aumenta com a disponibilização de links específicos para os temas mais consultados no Portal da Transparência, como as compras e licitações. Foram ainda criadas novas páginas com respostas para as perguntas mais frequentes; como utilizar o Serviço de Informação ao Cidadão (SIC); e para acesso às contas municipais, que são votadas pela Câmara após análise prévia do Tribunal de Conta; entre outros serviços. A seção contempla, ainda, ambiente para as prestações de contas da Mesa Diretora da Casa.

Na seção Vereadores, o menu “Quem são” concentra links para as páginas de todos os vereadores da legislatura, que foram renovadas e apresentam informações adicionais sobre o perfil de cada um dos 38 parlamentares. Ficou mais fácil consultar as lideranças dos partidos e blocos parlamentares e quais são as frentes parlamentares e seus respectivos integrantes. Já as ações da Câmara durante a pandemia de Covid-19 foram reunidas em uma página especial.

A parte dedicada ao conteúdo jornalístico foi ampliada e recebeu novas seções: TV CMC, com vídeos organizados editorialmente; Banco de imagens, que dinamiza o acesso às fotografias relacionadas ao trabalho parlamentar; Redes sociais, com detalhamento de todas as mídias em que há conteúdo gerado pela Câmara; Assessoria de imprensa, para facilitar o contato dos jornalistas com a Diretoria de Comunicação Social; Coberturas especiais, que arquiva projetos de comunicação; Arquivo de notícias, com as notícias da CMC desde 2002; Dicionário do Legislativo; e Nossa Memória, com amplo material sobre a história de Curitiba e da Câmara Municipal.

Desenvolvimento
A etapa seguinte à modernização do portal é a utilização da extensão ".leg", com a CMC passando a hospedar seu conteúdo no novo endereço www.curitiba.pr.leg.br. O objetivo é fortalecer uma identidade virtual padrão do Poder Legislativo na Internet. A determinação de que o portal da CMC fosse atualizado partiu da Mesa Diretora, formada pelo presidente Sabino Picolo (DEM), 1º vice Tito Zeglin (PDT), 2º vice Wolmir Aguiar (Republicanos), 1º secretário Colpani (PSB), 2º secretário Professor Euler (PSD), 3º secretária Noemia Rocha (MDB) e 4º secretária Maria Letícia (PV). A realização é das diretorias de Comunicação Social (DCS) e de Tecnologias de Infomação e Comunicação (DTIC).