Elétrica e telecomunicação: CMC transmite ao vivo licitação de R$ 4,9 milhões

por José Lazaro Jr. — publicado 02/09/2020 19h11, última modificação 02/09/2020 19h11
Elétrica e telecomunicação: CMC transmite ao vivo licitação de R$ 4,9 milhões

A CMC transmite ao vivo etapa da licitação na manhã desta quinta-feira (3), às 10 horas, pelo YouTube. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)

Dando transparência à abertura de envelopes da concorrência 2/2020, que selecionará empresa para revisar as instalações elétrica e de telecomunicações da Câmara Municipal de Curitiba (CMC), a CMC transmite ao vivo essa etapa da licitação na manhã desta quinta-feira (3), às 10 horas, pelo YouTube. O serviço terá valor máximo de R$ 4.999.690,97 e inclui revisão, reforma, adequações e novas instalações em 11,5 mil metros quadrados (confira o edital).

O prazo para a realização da obra é de até 180 dias, pois com ela será modernizada a rede lógica da Câmara Municipal, que passa a utilizar tecnologia POL (sigla em inglês para Passive Optical LAN, em português chamada de Rede Óptica Passiva), que não utiliza energia elétrica no meio de transmissão dos dados. A descrição de onde serão construídas eletrocalhas, perfilados, eletrodutos e canaletas, utilizando técnicas de perfuração não destrutiva, constam na documentação disponibilizada pela CMC no Portal da Transparência (consulte aqui).

Em razão da pandemia do novo coronavírus, a sessão de abertura dos envelopes com as propostas será feita de forma remota, igual já é feito com as sessões plenárias e reuniões de comissões parlamentares. O prazo para recebimento dos envelopes acaba às 9h30 desta quinta-feira. A realização online da sessão pública remota consta no edital da concorrência pública, publicado com antecedência, no dia 3 de agosto. A transmissão será feita pelo canal Licitações da Câmara Municipal de Curitiba no YouTube

Restrições eleitorais

A cobertura jornalística dos atos públicos do Legislativo será mantida, objetivando a transparência e o serviço útil de relevância à sociedade. Também continua normalmente a transmissão das sessões plenárias e reuniões de comissões pelas mídias sociais oficias do Legislativo (YouTube, Facebook e Twitter). Entretanto, citações, pronunciamentos e imagens dos parlamentares serão controlados editorialmente até as eleições, adiadas para o dia 15 de novembro de 2020, em razão da pandemia do novo coronavírus.

Em respeito à legislação eleitoral, não serão divulgadas informações que possam caracterizar uso promocional de candidato, fotografias individuais dos parlamentares e declarações relacionadas aos partidos políticos. As referências nominais aos vereadores serão reduzidas ao mínimo razoável, de forma a evitar somente a descaracterização do debate legislativo (leia mais).