Na CMC, Prefeitura de Curitiba e Sebrae anunciam ajuda a empresários

por José Lazaro Jr. — publicado 03/08/2020 14h15, última modificação 04/08/2020 18h01
Na CMC, Prefeitura de Curitiba e Sebrae anunciam ajuda a empresários

Parceria da prefeitura com o Sebrae foi anunciada na Câmara Municipal de Curitiba na reabertura do trabalho legislativo. (Foto: Carlos Costa/CMC)

Com R$ 1 milhão previsto em investimentos, a Prefeitura de Curitiba e o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) atuarão em todas as dez regionais da cidade dando apoio aos negócios afetados pela pandemia do novo coronavírus. A novidade foi apresentada nesta segunda-feira (3), na Câmara Municipal de Curitiba (CMC), na reabertura dos trabalhos do Legislativo. O prefeito Rafael Greca e o vice-governador do Paraná e presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/PR, Darci Piana, fizeram o anúncio em plenário, na sessão presidida por Sabino Picolo (DEM).
 
“No momento em que passamos uma dificuldade enorme, causada pela pandemia, o prefeito coloca a sua inteligência a serviço dos empresários do comércio, serviços e turismo, para que o Sebrae dê o suporte necessário às pequenas e médias empresas possam superar as dificuldades”, disse Darci Piana. Na parceria, cada regional de Curitiba terá uma força-tarefa própria, diagnosticando como funciona a economia naquela área, para que ações mais efetivas sejam desenvolvidas localmente, com estabelecimento e monitoramento de indicadores.
 
Vitor Tioqueta, diretor-superintendente do Sebrae/PR, explicou a proposta aos vereadores, ressaltando a necessidade de ativar a economia. Chamado de "Programa Municipal de Retomada da Economia Pós Covid-19”, o plano de ação possui seis fases, que vai da coordenação do trabalho com as administrações regionais, passa pela formação das forças-tarefa até chegar à execução de medidas pensadas para cada localidade. “Estaremos trabalhando de forma organizada, fazendo com que os empresários possam estar vendendo dentro dos seus bairros. Em primeiro lugar temos que preservar as vidas, junto com isso preservando as empresas e os empregos”, resumiu.

“É um programa para consultoria tecnológica, para ensiná-los a fazer e-commerce, a fazer vendas pela internet, a fazer marketing, a buscar um novo horizonte para o seu negócio. A ideia é que as pessoas não vejam a pandemia só como um problema, mas como uma reinvenção da vida. E o Sebrae existe para isso”, comentou Rafael Greca. Durante a sessão, o prefeito também apresentou brevemente os demais projetos do Plano de Recuperação 2, com medidas para a retomada econômica da cidade. No início, Sabino Picolo fez um balanço da atuação da CMC no primeiro semestre de 2020 e disse que “a Câmara de Curitiba está de portas abertas [para ajudar na retomada da economia]”.