Notas da sessão plenária de 2 de setembro

por Claudia Krüger e José Lazaro Jr. — publicado 02/09/2020 18h35, última modificação 02/09/2020 20h25

Ração
A Câmara de Curitiba aprovou sugestão ao Executivo para que seja feita doação de ração àqueles que adotarem animais recolhidos no Centro de Referência para Animais em Risco (Crar). “Acredito que esta sugestão vai ajudar muito aos animais que estão no centro, para que sejam adotados mais facilmente”, defendeu a proponente, vereadora Katia Dittrich (Solidariedade). A quantidade de ração a ser fornecida poderia ser de acordo com o porte dos animais adotados, equivalente a três meses de alimentação (203.00358.2020).

Asfalto
Admitido pelo plenário da Câmara Municipal de Curitiba requerimento de sugestão ao Executivo, apresentado por Dr. Wolmir Aguiar (Republicanos), para que seja revitalizado o asfalto da rua Luiz Guimarães Junior, no bairro Guabirotuba (203.000360.2020). O parlamentar justifica que a rua se encontra em estado “precário” e que há anos recebe apenas “remendos”, além de não contar com calçadas, colocando em risco os pedestres na região.

Setembro amarelo

Pelo segundo dia consecutivo, foi comentada em plenário a importância da campanha Setembro Amarelo, de prevenção do suicídio. Neste mês, a CMC iluminará o Palácio Rio Branco na cor amarela, sinalizando apoio à causa (leia mais). Hoje, Maria Leticia (PV) comentou dados sobre o suicídio, com 96,8% dos casos relacionados a transtornos mentais, como depressão, transtorno bipolar e abuso de substâncias.

Golpe do sequestro

Relatando um caso pessoal, sofrido na véspera pela sua filha, o vereador Toninho da Farmácia (DEM) pediu atenção da população a telefonemas suspeitos. Ontem, vindo para a CMC com sua mulher e filha, a família recebeu uma ligação com alguém dizendo ter sido sequestrada, ao que foi rechaçada na hora, pois a família estava junta. “É uma situação complicada”, disse, pedindo que as pessoas estejam atentas para esse tipo de golpe.

Solidariedade

Em plenário, foram feitos elogios aos profissionais da Saúde, cujo trabalho fez com que Curitiba não entrasse em colapso em decorrência da pandemia do novo coronavírus. “Há  meses escutamos que a prefeitura estava errando no controle da Covid-19, que íamos entrar em colapso, que teríamos morte por falta de respirador, de medicamentos… Agora [que isto não aconteceu] é hora de darmos parabéns aos profissionais da Saúde, pois conseguiram controlar essa maldita doença”, declarou Pier Petruzziello (PTB). Presidente da CMC, Sabino Picolo adiantou que homenagens serão realizadas após as eleições municipais, em respeito às restrições impostas pela legislação.

Pandemia

Serão enviados hoje à Prefeitura de Curitiba seis pedidos de informação relacionados à pandemia do novo coronavírus. São requisitados os relatórios de atendimento da Fundação de Assistência Social (FAS) desde 15 de março (062.00456.2020), o número atualizado de óbitos por Covid-19 (062.00458.2020), quantas mortes de servidores municipais por Covid-19 (062.00459.2020), gastos com respiradores e equipamentos (062.00464.2020) e número de crianças infectadas (062.00462.2020). Todos pedidos formulados pelo Professor Euler (PSD). Mestre Pop (PSD) pergunta quantos testes para detecção da Covid-19 foram feitos na cidade (062.00470.2020).

Fiscalização

O Executivo terá que responder à Câmara de Curitiba quais os gastos com asfalto em 2020 (062.00457.2020), se startups já receberam recursos do Fundo de Inovação do Vale do Pinhão (062.00455.2020), quanto custa a limpeza de órgãos e equipamentos publicos (062.00460.2020 e 062.00465.2020) e os números atualizados dos motoristas cadastrados para trabalhar com aplicativos de transporte (062.00461.2020). Esses foram protocolados pelo Professor Euler, sendo que Mestre Pop também protocolou pedido de informação sobre os gastos com asfalto (062.00469.2020).

Situação de rua

Quantas pessoas em situação de rua faleceram em Curitiba nos últimos quatro anos? Qual o número de Centros POPs em funcionamento e quantos foram fechados? É que questionam os pedidos de informação 062.00463.2020, 062.00466.2020 protocolados pelo Professor Euler (PSD), que agora serão encaminhados à prefeitura, para que sejam respondidos oficialmente.

Matrículas nas escolas

Pedido de informação ao Executivo indaga sobre quantos pedidos de transferência de alunos da rede particular de ensino de Curitiba para a rede pública municipal foram efetuados até agora no ano de 2020 e quais inciativas foram tomadas ou estão sendo planejadas pela Secretaria Municipal de Educação para lidar com o aumento de alunos em 2021 (062.00467.2020). Questionamentos foram feitos pela Professora Josete (PT).

Posteridade

Em votação simbólica, os vereadores aprovaram requerimento de Dona Lourdes (PSB) para inserir nos anais da CMC artigo publicado no periódico Naxos Musicology, de 28 de agosto de 2020, sobre o Festival de Ópera do Paraná, promovido por Gehad Hajar (055.00001.2020).

Doação de ração

Doar ração suficiente para três meses a quem adotar um animal de estimação recolhido ao Centro de Referência para Animais em Risco, visto que já existe um convênio entre a Prefeitura de Curitiba e a empresa Special Dog (203.00358.2020). É o que sugere ao Executivo a vereadora Katia Dittrich (Solidariedade), com o aval da CMC.

Guabirotuba

“O asfalto está desgastado com o passar dos anos. A única manutenção que [a rua Luiz Guimarães Júnior, no bairro Guabirotuba] recebe são remendos e sequer há calçadas para utilização segura dos pedestres da região”, justifica Dr. Wolmir Aguiar (Republicanos), em indicação de ato administração à Prefeitura de Curitiba. Ele pede o asfaltamento da via pública (203.00360.2020).

Restrições eleitorais

A cobertura jornalística dos atos públicos do Legislativo será mantida, objetivando a transparência e o serviço útil de relevância à sociedade. Também continua normalmente a transmissão das sessões plenárias e reuniões de comissões pelas mídias sociais oficias do Legislativo (YouTubeFacebook e Twitter). Entretanto, citações, pronunciamentos e imagens dos parlamentares serão controlados editorialmente até as eleições, adiadas para o dia 15 de novembro de 2020, em razão da pandemia do novo coronavírus.

Em respeito à legislação eleitoral, não serão divulgadas informações que possam caracterizar uso promocional de candidato, fotografias individuais dos parlamentares e declarações relacionadas aos partidos políticos. As referências nominais aos vereadores serão reduzidas ao mínimo razoável, de forma a evitar somente a descaracterização do debate legislativo (leia mais).