Notas da sessão plenária de 4 de agosto

por Fernanda Foggiato e José Lazaro Jr. — publicado 04/08/2020 15h40, última modificação 05/08/2020 19h10
Setor cultural
Proposição apresentada por Professora Josete (PT) convida a presidente da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), Ana Cristina de Castro, para esclarecer  as medidas adotadas pela gestão municipal para a utilização de recursos da União previstos pela Lei Aldir Blanc (14.017/2020).  Dos R$ 3 bilhões que devem ser destinados ao setor cultural, fortemente atingido pela pandemia, metade deve seguir para os municípios (052.00005.2020).

Pedidos de informações I
Dois  pedidos de informações oficiais de Mestre Pop (PSD) são direcionados à Secretaria Municipal da Saúde (SMS). O vereador pergunta, em uma proposição, sobre a instalação comitê da Prefeitura de Curitiba de enfrentamento à covid-19 e outras medidas, como o protocolo de medicamentos (062.00408.2020). No outro requerimento, o mote são a compra de respiradores e a contratação de leitos devido à pandemia (062.00409.2020).

Pedidos de informações II
Noemia Rocha (MDB) questiona a Prefeitura de Curitiba e a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) sobre o contágio de servidores municipais com a covid-19 (062.00407.2020). No outro pedido de informações oficiais, a vereadora trata das obras de pavimentação asfáltica realizadas em 2020 (062.00406.2020). De Geovane Fernandes (Patriota), requerimento dispõe sobre a instalação de empresas em Curiitba mediante incentivos fiscais (062.00405.2020).

Pedido de urgência
Após exibir vídeo com mais de dez jovens pegando “rabeira” num ônibus biarticulado com bicicletas, o vereador Rogério Campos (PSD) pediu que a CMC vote com urgência projeto de lei para coibir essa prática. “Não é só a questão da baderna, mas da vida desses meninos e do psicológico do motorista que está atrás do volante [do ônibus]”, solicitou. O projeto (005.00193.2020) está em análise na Comissão de Constituição e Justiça.

Feiras aos sábados
Depois de elogiar a Prefeitura de Curitiba pela iniciativa de disponibilizar R$ 10 milhões para garantir crédito aos empresários, “que poderá gerar até R$ 100 milhões em financiamento a juros reduzidos”, Bruno Pessuti (Pode) pediu que, com medidas adicionais de distanciamento social, seja autorizada a retomada das feiras livres na cidade. “Temos recebido muitos pedidos dos feirantes”, justificou.

Alvará dos templos
Vereadora Noemia Rocha (MDB) agradeceu à Prefeitura de Curitiba por acolher sugestão da parlamentar para também prorrogar, durante a pandemia do novo coronavírus, o alvará dos templos religiosos. “Os templos também passam por dificuldades neste momento”, garantiu a parlamentar, frisando que a renovação deverá ser feita  normalmente depois do dia 31 de dezembro.

Retorno às aulas
“Ainda não é o momento de voltar”, afirmou Professora Josete (PT), referindo-se às aulas na rede municipal de ensino. “Mas uma comissão deve ser criada para ir amadurecendo os caminhos para esse retorno”, defendeu a parlamentar, para quem o grupo deve ter representantes do Executivo, dos trabalhadores da educação e das mães e pais de alunos. “Se para os adultos já é difícil [evitar aglomerações], imagine para crianças e adolescentes”.