Sugeridas ao Executivo feira no Hauer e reforma de passarelas

por Claudia Krüger — publicado 11/08/2020 11h10, última modificação 12/08/2020 03h24
Sugeridas ao Executivo feira no Hauer e reforma de passarelas

Requerimentos aprovados na Câmara sugerem ações ao Executivo, que podem ou não ser acatadas. (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)

Nesta segunda-feira (10), foram admitidos na Câmara Municipal de Curitiba (CMC) 11 requerimentos de sugestão de ato administrativo ou de gestão para a Prefeitura da cidade ou para o próprio Legislativo, que podem ou não ser acatadas pelas administrações. Destas proposições, 8 foram protocoladas pelo vereador Geovane Fernandes (Patriota). Entre as medidas está a solicitação para que seja reaberta a feira que funciona na passarela do Hauer, desde que sejam seguidos todos os protocolos de segurança sanitária de prevenção à Covid-19 (203.00295.2020).

Fernandes também propõe ao Executivo que proceda a revitalização de diversas vias da cidade, como da rua Ivaí, entre a rua Iporã e o córrego Alto Boqueirão (203.00299.2020). A outra intervenção seria para a rua Henrique Martins Torres, no trecho entre a Waldemar Loureiro Campos e a Santina Peretti de Castro, no Boqueirão (203.00303.2020).

Já o vereador Thiago Ferro (PSC) propõe ao Executivo que sejam feitas manutenções nas passarelas das Ruas da Cidadania do Carmo, de Santa Felicidade, da Fazendinha, do Pinheirinho e da Boa Vista (203.00305.2020). De acordo com ele, é preciso garantir mais conforto e segurança aos usuário, já que o uso frequente dos equipamentos gera a deterioração dos espaços.

Houve ainda outros dois requerimentos com sugestões à Prefeitura de Curitiba. Um deles de Katia Dittrich (Solidariedade), para a criação do cargo de médico veterinário da Guarda Municipal (203.00306.2020) e de Toninho da Farmácia (DEM), para concessão de adicional de insalubridade aos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias em Curitiba (203.00307.2020).

Em sugestão ao próprio Legislativo, o vereador Herivelto Oliveira (Cidadania) pede a disponibilização permanente ao público das reuniões de comissões realizadas pela Câmara Municipal (203.00304.2020). O parlamentar argumenta que, embora os encontros sejam transmitidos via internet, eles não ficam disponíveis para consulta pela população e que a medida iria trazer mais transparência sobre o trabalho legislativo.