back index CÂMARA MUNICIPAL
CURITIBA

Curitiba, 20 de junho de 2019
 
Proposição de Orçamento no Sistema de Proposição Legislativa

LEI DE ZONEAMENTO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO
Proposta de Revisão 2018
Perguntas para Consulta Pública

Nome :
CPF:
ou CNPJ:
RG:
E-mail :
Endereço:
Bairro :


1. A Zona Central (ZC) é o local mais bem equipado da cidade, mas ainda tem poucos residentes. Existe uma tendência de crescimento do uso residencial nesta zona. Você está de acordo em destacar o uso residencial e reduzir a importância de outros usos, de modo a apoiar essa tendência e aumentar o número de pessoas que podem morar na Zona Central, inclusive habitação popular de mercado?


2. O Eixo Estrutural Norte, nos terrenos de frente para a canaleta de ônibus expresso, ainda tem bem pouca ocupação comercial e de serviços, especialmente no trecho entre o Cabral e o Santa Cândida. Aumentar essa quantidade de empregos em área junto ao transporte facilita o deslocamento dos trabalhadores e pode contribuir para reduzir o impacto na tarifa. Você está de acordo em destacar o reforço desse uso comercial e de serviços nesse trecho, sem competição com o uso residencial?


3. O Eixo Estrutural Sul, nos terrenos de frente para a canaleta de ônibus expresso, tem alguma ocupação comercial e de serviços que precisa ser reforçada, especialmente no trecho entre o Portão e o Pinheirinho. Da mesma forma que na Estrutural Norte, aumentar essa quantidade de empregos em área junto ao transporte facilita o deslocamento dos trabalhadores e pode contribuir para reduzir o impacto da tarifa. Você está de acordo em destacar esse reforço dos usos comerciais e de serviços neste trecho, sem competição com o uso residencial?


4. O comércio e serviço de pequeno porte disponível no miolo das zonas residenciais é um apoio imediato e cotidiano às necessidades dos moradores, mas hoje o tamanho está limitado a 100 m2. Pesquisas indicam que este tamanho está impedindo a abertura de novos negócios e, por outro lado, percebe-se que um tamanho de 400m2 não é assim tão grande que incomode a vizinhança, dependendo da natureza do comércio ou serviço. Isso permitirá uma maior distribuição dos pequenos negócios em toda a cidade. A revisão propõe essa ampliação de tamanho, mantendo a disposição de que a reclamação da vizinhança quanto ao incômodo é motivo suficiente para investigar o caso e suspender o funcionamento inadequado. Você concorda com este aumento no tamanho dos pequenos negócios que se instalem em zonas residenciais?


5. O Centro Cívico é uma zona com características de concentração de atividades da administração pública, permitindo igualmente o uso residencial. Essa zona já está quase totalmente ocupada. Ela é vizinha à Zona Central e ao Eixo Estrutural Norte. Manter o atual potencial construtivo no Centro Cívico vai com competir com aquelas duas zonas. Assim, a revisão propõe uma pequena redução de potencial para manter o euilíbrio de competitividade entre as três zonas. Você concorda com essa proposta?


6. O vale do Pinhão compreende uma área entre a Avenida Getúlio Vargas, a rua João Negrão, a vizinhança do Eixo Marechal Floriano e da PUC-PR. Está próxima a Zona Central e à Rodoferroviária, mas ficou sem ocupação desde a saída de indústrias que estavam por lá. A revisão propõe uma tipologia de zona com variedade de usos, com incentivos para a combinação de usos no mesmo empreendimento, usos inovadores, empresas de tecnologia e outras da chamada "indústria criativa". Você concorda com estes incentivos?


7. Algumas partes da cidade tinham prioridade residencial de baixa-média densidade (ZR-3), mas passaram a atrair alguns usos comerciais e de serviços que não incomodam a ocupação residencial. Elas estão próximas ao Centro Cívico, ao Eixo de Adensamento Marechal Floriano e ao Vale do Pinhão, o que pode intensificar essa mistura de usos. No âmbito dessa boa convivência, a revisão propõe uma nova tipologia denominada Zona de Uso Misto 3 (ZUM-3), que prepara a cidade para esse futuro onde haverá maior convivência entre usos adequados e complementares entre si. Você está de acordo com esta proposta?


8. Dados do IBGE e IPARDES indicam taxas de crescimento menores para Curitiba e certa estabilização da população residente em 2030. Nesse cenário, não há a necessidade de se aumentar o potencial construtivo, que já é bastante alto em diversas zonas e não está sendo utilizado. Pode até haver espaço para alguma redução, em casos selecionados, além do que está sendo proposto. Você concorda com esta diretriz?


9. As desonerações feitas pelo governo federal à indústria automobilística, entre outras medidas, estão entupindo as cidades com carros e não contribuem para fortalecer ou baratear o custo do transporte coletivo. Será preciso parar de estimular o uso freqüente do carro e as facilidades de estacionamento, ressalvados os casos de garagem para os prédios residenciais. Você está de acordo com esta diretriz?


10. Você gostaria de fazer alguma sugestão adicional na revisão do zoneamento? (Será aceita apenas UMA sugestão por CPF/CNPJ, indicando sua principal prioridade nesse processo)


*Código:
Por favor, digite o código ao lado.
 

Este legislativo municipal oferece através de seu site uma visão geral dos trabalhos realizados em prol da cidade de Curitiba. Acompanhe nesta ferramenta o trabalho dos vereadores, a execução do orçamento, e tenha acesso a diversas informações institucionais e de funcionamento. Nosso objetivo maior é o de dar transparência aos trabalhos aqui realizados. Lembramos que este site está em constante atualização e melhoria. Sua visita frequente é muito importante.

© 1997 - 2019 - Câmara Municipal de Curitiba - todos os direitos reservados

Câmara Municipal de Curitiba - Rua Barão do Rio Branco, 720 - Curitiba - Paraná - Brasil - CEP: 80010-902
Fone: (41) 3350-4500 - Fax: (41) 3350-4737 - Email geral:
camara@cmc.pr.gov.br

Esse site pode ser melhor visualizado nos seguintes navegadores: Firefox 29, IE 11, Chrome 35 ou versões superiores.